AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 28-06-2012

A matéria de MEGHA RAJAGOPALAN, do ProPublica, mostra como as companhias de telefonia móvel podem ceder informações sobre sua localização para a polícia e para outras empresas, de forma anônima, mas não para você. Três funcionários do ProPublica e um amigo da jornalista pediram às companhias telefônicas para ter acesso às próprias informações de localização, sem sucesso. Leia em inglês.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

O advogado da PM que mata 2

| por | 15 de maio de 2017

O ex-PM da Rota Celso Vendramini já defendeu mais de cem policiais acusados de homicídio e atuou em casos como o Carandiru e a Favela Naval, em São Paulo; “o policial não tem que esperar o marginal puxar a arma para atirar”, diz