AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 23-08-2012

Na entrevista feita por MARCOS GRINSPUM FERRAZ, publicada no site Nota de Rodapé, Mano Brown conta sobre sua identificação com o líder comunista e guerrilheiro assassinado em 1969 pela ditadura, Carlos Marighella. “A minha maior inspiração foi aproximar o Marighella da periferia, mostrar que é um cara como nós”, conta Mano Brown.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

O advogado da PM que mata 2

| por | 15 de maio de 2017

O ex-PM da Rota Celso Vendramini já defendeu mais de cem policiais acusados de homicídio e atuou em casos como o Carandiru e a Favela Naval, em São Paulo; “o policial não tem que esperar o marginal puxar a arma para atirar”, diz