AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 03-09-2012

A reportagem de EDUARDO FAUSTINI para o Fantástico mostra como golpistas de clínicas conveniadas, organizações sociais e farmácias populares falsificam diagnósticos e documentos e realizam caixa dois para embolsar dinheiro público. Em Maceió, por exemplo, foram 350 mil reais embolsados por meio das falsas internações de crianças por um suposto surto de pneumonia.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

O advogado da PM que mata 2

| por | 15 de maio de 2017

O ex-PM da Rota Celso Vendramini já defendeu mais de cem policiais acusados de homicídio e atuou em casos como o Carandiru e a Favela Naval, em São Paulo; “o policial não tem que esperar o marginal puxar a arma para atirar”, diz