AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 10-10-2012

A reportagem de ANDRÉ CAMPOS, do Brasil de Fato, mostra como a repressão da ditadura militar também recaiu sobre os indígenas. O Reformatório Agrícola Indígena Krenak, que começou a funcionar em 1969, foi comandado por agentes da Polícia Militar mineira. Lá os índios trabalhavam forçados, sob a vigia dos policiais, e passavam por “métodos reeducacionais”, que incluíam açoitamento e arrastamento por cavalos.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Uma pena, duas medidas

| por | 17 de julho de 2017

Enquanto as mulheres com filhos pequenos lutam para obter a prisão domiciliar, direito previsto por lei, presos da Lava Jato gozam desse benefício sem amparo da legislação penal

A faculdade estatizada no Mato Grosso

| por | 30 de junho de 2017

Instituição criada por Gilmar Mendes e sua família em Diamantino foi incorporada pelo Estado no governo de Silval Barbosa, amigo do ministro do STF; Ministério Público investiga a legalidade do negócio de R$ 7,7 milhões. Executivo reconhece que não tem recursos para manter a unidade como determina a lei