AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 10-10-2012

A reportagem de ANDRÉ CAMPOS, do Brasil de Fato, mostra como a repressão da ditadura militar também recaiu sobre os indígenas. O Reformatório Agrícola Indígena Krenak, que começou a funcionar em 1969, foi comandado por agentes da Polícia Militar mineira. Lá os índios trabalhavam forçados, sob a vigia dos policiais, e passavam por “métodos reeducacionais”, que incluíam açoitamento e arrastamento por cavalos.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

O advogado da PM que mata 2

| por | 15 de maio de 2017

O ex-PM da Rota Celso Vendramini já defendeu mais de cem policiais acusados de homicídio e atuou em casos como o Carandiru e a Favela Naval, em São Paulo; “o policial não tem que esperar o marginal puxar a arma para atirar”, diz