AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 21-03

Texto surpereendente de ERIN LAKE, do site The Daily Beast, mostra como a empresa militar privada Blackwater – que ficou famosa por prover soldados mercenários na guerra do Iraque – trabalhava proximamente à CIA. Os detalhes estão em um processo contra a empresa por compra e envio ilegal de armas. A Blackwater se defende relatando em detalhes como compartilhava missões e centros de treinamento com a CIA. “De muitas maneiras, a Blackwater era uma extensão da CIA”, diz o documento da defesa.

Texto surpereendente de ERIN LAKE, do site The Daily Beast, mostra  como a empresa militar privada Blackwater – que ficou famosa por prover soldados mercenários na guerra do Iraque – trabalhava proximamente à CIA. Os detalhes estão em um processo movido pelo governo contra a empresa por compra e envio ilegal de armas. A Blackwater  se defende relatando em detalhes como compartilhava seus empregados, equipamentos e centros de treinamento com a CIA. “A CIA rotineiramente usava a Blackwater em missões no mundo todo”, diz o documento da defesa. “A Blackwater também encobria a atuação de oficiais da CIA operando em missões secretas. De muitas maneiras, a Blackwater, ou pelo menos uma parte dela, era uma extensão da CIA”.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Jucá, o tricoteiro de quatro agulhas

| por | 24 de abril de 2017

Presidente do PMDB, principal articulador de Michel Temer no Congresso e uma das estrelas da Lava Jato, Romero Jucá defende uma transição no lugar do extermínio da classe política encurralada pelo maior escândalo de corrupção da história

Watu Morreu

| por , | 22 de abril de 2017

Para os índios Krenak que vivem às margens do rio Doce, a lama proveniente da mina da Samarco trouxe o fim da pesca e da caça e o ocaso de um estilo de vida. A empresa não responde se há salvação para aquelas águas