AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Infográfico: Maracanã, concessão bilionária

Depois de um gasto de R$ 1,7 bilhão de verbas públicas em reformas, o estádio vai passar para mãos privadas, a quem renderá um lucro de R$ 2,9 bilhões em 35 anos

maracana_infografico FINAL

Tags: , ,

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

  • Esses caras não estão nem aí para hora do Brasil. E o pior
    que devem ser releitos. A compra de votos, alienação e falta de empenho das
    pessoas indignadas para mudar esse lamentável quadro é o aval para essas desordens.

  • ainda não estamos suficientemente indignados

  • O dinheiro para construção de Estádios não é público e sim privado. Houveram EMPRÉSTIMOS do BNDES, um Banco Público sim, mas que será devolvido pelas empresas como todo e qualquer empréstimo que se faz aos bancos.

Quem julga o juiz?

Quem julga o juiz?

| por | 21 de setembro de 2016

Uma exame da lista de juízes e desembargadores investigados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostra que, mesmo quando a acusação é de venda de sentença, o caso nem sempre segue para a Justiça criminal e a pena se reduz à aposentadoria

Adeus, Guyraroká

Adeus, Guyraroká 2

| por | 8 de setembro de 2016

Como o STF decidiu que uma terra em demarcação no Mato Grosso do Sul não era dos Kaiowá – e abriu as portas para outras decisões que podem impedir o direito territorial dos índios

Adeus, Guyraroká

Adeus, Guyraroká 2

| por | 8 de setembro de 2016

Como o STF decidiu que uma terra em demarcação no Mato Grosso do Sul não era dos Kaiowá – e abriu as portas para outras decisões que podem impedir o direito territorial dos índios

Quem julga o juiz?

| por | 21 de setembro de 2016

Uma exame da lista de juízes e desembargadores investigados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostra que, mesmo quando a acusação é de venda de sentença, o caso nem sempre segue para a Justiça criminal e a pena se reduz à aposentadoria