AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 08-05-2013

A jornalista LAUREN WOLFE, do Centro de Jornalismo Woman Under Siege, conta como o uso da violência sexual contra homens e mulheres se tornou uma arma poderosa na guerra civil da Síria. Segundo a pesquisa realizada pelo Centro, 80% das vítimas são mulheres com idade entre 7 e 46 anos e a maioria dos atos violentos são cometidos por soldados das forças do governo de Bashar Al-Assad. O texto ainda traz relatos de vítimas que ouviam frases como “Você quer liberdade? Isso é liberdade” enquanto eram abusadas.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Venezuela sem fake news

Venezuela sem fake news 11

| por | 13 de junho de 2017

Esqueça muito do que você leu por aí: não há catástrofe humanitária nem Maduro está para cair; mas há manifestantes quase todos os dias nas ruas, e eles não são “terroristas”, como dizem os apoiadores do governo

Venezuela sem fake news 11

| por | 13 de junho de 2017

Esqueça muito do que você leu por aí: não há catástrofe humanitária nem Maduro está para cair; mas há manifestantes quase todos os dias nas ruas, e eles não são “terroristas”, como dizem os apoiadores do governo