AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Depois da “chacina da Maré”, os moradores organizaram um ato ecumênico para homenagear as vitimas. Neste mesmo momento, o Rio de Janeiro estava vivenciando uma onda de protesto inédita, com milhares de pessoas exigindo mais saúde, mais educação, e mais justiça social. (Foto: Patrick Vanier)

Depois da “chacina da Maré”, os moradores organizaram um ato ecumênico para homenagear as vitimas. Neste mesmo momento, o Rio de Janeiro estava vivenciando uma onda de protesto inédita, com milhares de pessoas exigindo mais saúde, mais educação, e mais justiça social. (Foto: Patrick Vanier)

Depois da “chacina da Maré”, os moradores organizaram um ato ecumênico para homenagear as vitimas. Neste mesmo momento, o Rio de Janeiro estava vivenciando uma onda de protesto inédita, com milhares de pessoas exigindo mais saúde, mais educação, e mais justiça social. (Foto: Patrick Vanier)

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

A história de Meera

A história de Meera

| por | 2 de abril de 2015

Reportagem em quadrinhos produzida pela revista digital Symbolia conta a história real de uma jovem nepalesa que caiu numa rede de tráfico de pessoas. Por Dan Archer

Silêncio nunca mais

Silêncio nunca mais 4

| por | 1 de abril de 2015

Golpe militar completa 51 anos ainda sem muitas respostas. Relembramos quatro reportagens da Pública sobre o período ditatorial

Tools