Agência de Jornalismo Investigativo

Uma explicação de dois minutos sobre as acusações que envolvem o presidente na delação da JBS e o que pode acontecer em seguida. Assista

Com a divulgação da explosiva delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, Michel Temer se vê sob pressão. Em conversa gravada em março – cujos trechos foram revelados na noite da última quarta-feira (17) pelo jornal O Globo e a íntegra liberada à imprensa no dia seguinte –, Temer escuta Joesley relatar seu acerto com o ex-deputado Eduardo Cunha, preso pela Lava Jato, e seu plano para destituir um procurador da República que investigava o seu grupo empresarial. Em nenhum momento, o presidente reagiu de forma contrária às declarações de Batista. 

Diante da desastrosa repercussão causada pelo episódio, Temer foi a público na quinta-feira (18) para se defender e afirmar que não renunciará ao cargo. A Pública preparou um vídeo explicando o contexto que envolve o presidente no momento e o que pode acontecer de agora em diante. Assista:

E agora, Temer? from Agência Pública on Vimeo.

Comentários

Mais recentes

“Licitação de Dória traz muitos pontos duvidosos”, diz especialista em transporte

17 de Janeiro de 2018 | por

Em entrevista à Pública, o geógrafo Oliver França Scarcelli examina criticamente o novo edital para a concessão do serviço de ônibus em São Paulo

Sorteio do Supremo é caixa preta

16 de Janeiro de 2018 | por

STF não detalha procedimentos que definem o sorteio de processos entre ministros; levantamento de dados da última década revela equilíbrio, mas não há como descartar possíveis manipulações

A nova casa da Agência Pública

15 de Janeiro de 2018 | por

Inauguramos o ano de 2018 com uma baita mudança: nosso novo site.

Explore também

Madonna, um show histórico e o assalto aos cofres públicos em Montenegro

1 de junho de 2012 | por

Como um show da diva pop levou a um enorme prejuízo pago com dinheiro público no pequeno país do leste europeu

Vampeta, sobre a Copa: "Os caras vão roubar de qualquer jeito"

6 de julho de 2012 | por

Pentacampeão adota discurso de 'rouba, mas faz na Copa', se esquiva do extra-campo e se preocupa com a decadência técnica do futebol brasileiro

No Haiti, movimentos sociais querem invasores fora dali

9 de Abril de 2015 | por

A favela Fort National, em um morro de Porto Príncipe, oferece um perfeito exemplo do misto de ironia, agonia e luta que envolve o Haiti hoje.