Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

Leavantamos 165 empresários do transporte carioca e identificamos as sociedades que eles formam em diversas empresas, incluindo de outros ramos

8 de agosto de 2017

Ex-candidato a deputado acusado de homicídio, ex-assessora de deputada condenada por fraude eleitoral, empresário condecorado por vereador beneficiado por seus financiamentos de campanha, proprietários de contas em paraísos fiscais e muito mais. Engana-se quem pensa que a família Barata reina sozinha no ramo de transporte público via ônibus no Rio de Janeiro. A lista é longa e o perfil dos empresários, diverso.

Atrás dos Baratas, líderes do setor, há diversos outros grupos expressivos, como o Grupo Redentor, JAL, Rubamérica e Real Auto, além de empresas menores. São eles que comandam as concessões de transporte público rodoviário na capital carioca, por meio dos quatro consórcios que atuam em distintas regiões da cidade (Santa Cruz, Transcarioca Internorte e Intersul). Com base em dados declarados pelas empresas à Receita Federal, a Pública identificou os proprietários das 39 empresas que formam esses consórcios.

São 165 sócios organizados em grupos – quase sempre familiares – que dividem também outros negócios, além das concessões de ônibus. Estão aí tanto os primeiros empresários do ramo – Jacob Barata, José de Castro Barbosa (o Zé do Pau), José Ferreira etc. – como novos executivos e herdeiros. A transição entre gerações é uma preocupação no setor, tanto que a Fetranspor criou um programa exclusivo para orientação de herdeiros na sucessão dos negócios.

Além das concessionárias de ônibus, foram mapeadas outras 249 empresas desses proprietários. Elas atuam principalmente no setor de transporte e imobiliário. Destacam-se também os ramos automobilístico e de gestão de empresas.

As imobiliárias correspondem a 43 das 249 empresas. 11 destas imobiliárias possuem participação direta da família Barata no quadro societário.

Conheça os donos dos ônibus no Rio de Janeiro, selecionando um consórcio/região da cidade (esse mapa funciona apenas em laptops, desktops ou tablets):

[Aperte aqui para abrir em uma nova janela ]

O quadro societário das empresas na Receita Federal foi utilizado como base para o mapeamento e os dados estão disponíveis em formato aberto aqui: https://github.com/belisards/mapa-onibus-rj/

Atualização: Uma versão anterior do texto dizia que havia 410 empresas de ônibus no mapeamento. Na verdade, são 39. A informação foi corrigida.  

Seja aliada da Pública

Faça parte do nosso novo programa de apoio recorrente e promova jornalismo investigativo de qualidade. Doações a partir de R$ 10,00/mês.

Comentários de nossos aliados

 Ver comentários

Esta é a área de comentários dos nossos aliados. Quer se tornar aliado? Clique aqui!

Carregando…
Você precisa ser um aliado para comentar.
Só aliados podem denunciar comentários.
Fechar

Explore também

Conheça as vencedoras das Microbolsas sobre Criança e Água!

25 de maio de 2015 | por

Repórteres vão investigar a relação das crianças com a água em cinco estados brasileiros

Em “presidencialismo sem presidente”, Congresso tem que ter “agenda própria”, diz Renan

23 de maio de 2019 | por

Senador do MDB afirma à Pública que manifestação de domingo será decisiva para os rumos do governo e que se fracassarem: “Ou é renúncia, ou golpe, ou impeachment, pode apostar, que são apostas sem muito embasamento enfático ainda”

Fortes: “O discurso do ódio nas redes sociais foi construído pela mídia e pela oposição que ela tenta colocar no poder”

22 de junho de 2015 | por

O jornalista Leandro Fortes, que coordenou as redes sociais de Dilma Rousseff e do PT, fala das eleições de 2014; para ele, uma das suas marcas foi o machismo contra a candidata

Mais recentes

Dos barões amigos de meu avô às prisões de hoje

18 de junho de 2019 | por

O repórter Matias Maxx conta a história por trás de sua bombástica reportagem sobre a vida de presos não pertencentes a facções

Crédito de bancos permite “fluir a economia” ligada ao trabalho escravo, diz procurador do MPT

17 de junho de 2019 | por

Segundo Rafael de Araújo Gomes, é a primeira vez no mundo que uma ação tenta responsabilizar os bancos pelo financiamento de empresas denunciadas na lista suja

Disputa por terra pode ter levado a assassinato de sindicalista no Pará

13 de junho de 2019 | por

Polícia Civil de Rio Maria trabalha com duas linhas principais de investigação para a morte com sinais de execução de Carlos Cabral; nossa reportagem esteve lá e conta como os conflitos de terra fazem da região a líder de chacinas no país

Login para aliados

Participe e seja aliado.

Fechar