Luiz Parise

Uma galeria a céu aberto. Pra quem quiser ver. A arte nua e crua. Rasgada. Com todas as suas técnicas e traços. Plural. Pro povão e pro boy. Pra quem passa caminhando, no busão, de carro, trem, metrô, bike. A vida de SP pulsa com todas as cores. Não será um prefeito desbotado que vai sujar a cidade de cinza. Pra cada centímetro que for desbotado, um quilômetro quadrado de novas manifestações artísticas hão de surgir.

Meu trajeto pessoal

Piche a parede

João Paulo Oliveira 2 de dezembro de 2017
"Buscar informação é o melhor caminho."