AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Tatiana Merlino, Vale

A repórter TATIANA MERLINO, da Revista Caros Amigos, percorreu mais de 600 quilômetros de Carajás, no Pará, ao Porto de Itaqui, em São Luís do Maranhão, para investigar os impactos da duplicação da ferrovia da Vale do Rio Doce. Encontrou um quadro de deterioriação social – prostituição infantil, desagregação cultural, violência e miséria – nas cidades e comunidades atingidas. Clique na foto e leia a reportagem.

A repórter TATIANA MERLINO, da Revista Caros Amigos, percorreu mais de 600 quilômetros de Carajás – no Pará – ao Porto de Itaqui, em São Luís do Maranhão  – para investigar os impactos da duplicação da ferrovia da Vale do Rio Doce. Encontrou um quadro de deterioriação social – prostituição infantil, desagregação cultural, violência e miséria – nas cidades e comunidades atingidas.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

A última viagem de Ernesto

A última viagem de Ernesto

| por | 9 de outubro de 2017

Em entrevista feita há seis anos, amigo de infância conta detalhes da personalidade e da viagem que fez pela América Latina com Che Guevara, morto há 50 anos

Dia de tiroteio no Alemão

Dia de tiroteio no Alemão 2

| por , | 29 de setembro de 2017

Uma avó não consegue buscar os netos na escola; duas mães que perderam seus filhos – um era trabalhador, outro traficante. Os repórteres Alejandra S. Inzunza e José Luis Pardo acompanharam as agruras dos moradores do complexo carioca, onde acontece um tiroteio a cada 30 horas

Supremas relações

Supremas relações 8

| por | 18 de setembro de 2017

Processo trabalhista revela acesso à cúpula do Judiciário em troca de patrocínio de eventos de site jurídico. Gilmar Mendes tem conversa exposta em que trata sobre projetos de seu IDP