AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 02-07-2012

A matéria de RUBENS VALENTE, da Folha de S. Paulo, conta como aproximadamente 19,4 mil documentos secretos produzidos ao longo da ditadura militar pelo SNI foram destruídos em 1981, sob ordens assinadas pelo general Newton Cruz. Dentre os documentos, alguns que poderiam incomodar os militares e relatórios sobre personalidades famosas, como dom Helder Câmara e o poeta Vinicius de Moraes.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

A jararaca vai para o pau 14

| por | 30 de novembro de 2017

À frente nas pesquisas para 2018 e condenado por Moro, Lula radicaliza discurso e pede para ser julgado pelo povo. Divórcio de Palocci, a quem considerava o homem mais inteligente do Brasil, é mais uma pedra no caminho