AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Publica Indica -27-07-012

O repórter independente Tadeu Breda informa que o Superior Tribunal de Justiça brasileiro foi acionado para cumprir uma decisão da justiça do Equador contra a empresa petrolífera Chevron no valor de US$ 19 bilhões. A empresa foi considerada culpada por despejar 66 bilhões de litros de petróleo e elementos tóxicos no meio ambiente sem tratamento prévio. As víitimas decidiram acionar a justiça brasileira porque a Chevron já não possui ativos importantes no Equador.

O repórter independente Tadeu Breda informa que o Superior Tribunal de Justiça brasileiro foi acionado para reconhecer  uma decisão emitida pela corte do Equador contra a empresa petrolífera Chevron no valor de US$  bilhões. A empresa foi considerada culpada por despejar 66 bilhões de litros de petróleo e elementos tóxicos no meio ambiente sem tratamento prévio. A empresa também abriu na floresta mais de mil piscinas onde lançou os rejeitos químicos proveniente da extração petrolífera. As víitimas decidiram acionar a justiça brasileira porque a Chevron já não possui ativos importantes no Equador.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

O desmanche da Constituição

O desmanche da Constituição

| por | 19 de outubro de 2017

Levantamento da Pública mostra que indígenas, quilombolas e trabalhadores estão entre os que mais perderam direitos constitucionais no governo Temer; saúde, educação e meio ambiente também foram afetados

A última viagem de Ernesto

| por | 9 de outubro de 2017

Em entrevista feita há seis anos, amigo de infância conta detalhes da personalidade e da viagem que fez pela América Latina com Che Guevara, morto há 50 anos