AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 03-09-2012

A reportagem de EDUARDO FAUSTINI para o Fantástico mostra como golpistas de clínicas conveniadas, organizações sociais e farmácias populares falsificam diagnósticos e documentos e realizam caixa dois para embolsar dinheiro público. Em Maceió, por exemplo, foram 350 mil reais embolsados por meio das falsas internações de crianças por um suposto surto de pneumonia.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

À espera de Belo Sun

| por , | 7 de novembro de 2017

Indígenas Juruna veem o peixe rarear em seu território enquanto o maior projeto de ouro a céu aberto do Brasil se aproxima; documento dos Juruna exige o direito à consulta prévia, previsto em tratado internacional em vigor no país desde 2003

No mapa, o trabalho escravo no Brasil

No mapa, o trabalho escravo no Brasil

| por | 31 de outubro de 2017

Levantamento mostra presença de empreiteiros entre a maioria dos empregadores, composta por fazendeiros e empresários do agronegócio. Irmão da senadora Kátia Abreu, que estava na lista divulgada pela Globo, é o único ausente na nova lista do MTE