AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Pública Indica 03-09-2012

A reportagem de EDUARDO FAUSTINI para o Fantástico mostra como golpistas de clínicas conveniadas, organizações sociais e farmácias populares falsificam diagnósticos e documentos e realizam caixa dois para embolsar dinheiro público. Em Maceió, por exemplo, foram 350 mil reais embolsados por meio das falsas internações de crianças por um suposto surto de pneumonia.

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Supremas relações 7

| por | 18 de setembro de 2017

Processo trabalhista revela acesso à cúpula do Judiciário em troca de patrocínio de eventos de site jurídico. Gilmar Mendes tem conversa exposta em que trata sobre projetos de seu IDP