Agência de Jornalismo Investigativo

Ciro Barros

Repórter da Agência Pública há seis anos. Ganhou os prêmios do Movimento Nacional de Direitos Humanos, da OAB, pela reportagem “O Inquérito do Black Bloc” e o prêmio da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República) em 2015 e 2016 pela reportagem “No Ceará, terra dos Tremembé é ameaçada por resort espanhol” e pela série “Amazônia em Disputa” – cobertura finalista dos prêmios Gabriel García Marquez e Petrobras de Jornalismo. Também pela Pública, participou da premiada série do ICIJ “Evicted and Abandoned: The World Bank’s Broken Promise To The Poor” com a reportagem “Obras do Banco Mundial deixam comunidades do sertão do Ceará sem água potável”. Em 2017, recebeu menção honrosa na categoria Arte no Prêmio Vladimir Herzog pela HQ “A Execução de Ricardo”. Teve passagens pela redação do Diário LANCE! e no LANCE!NET.