Agência de Jornalismo Investigativo

Raphaela Ribeiro

Secretária de redação e editora de site

Jornalista formada pela Escola de Jornalismo Énois, laboratório de jornalismo cívico que trabalha pela equidade e diversidade na mídia. Já teve reportagens focadas em território e gênero publicadas na Folha, HuffPost Brasil, The Intercept e Revista AzMina. Foi repórter também do ChecaZap – projeto de checagem de informação – nas eleições de 2018. Além de co-autora da websérie “Comida de Quebrada”, adaptação em audiovisual do “Prato Firmeza”, obra finalista do Prêmio Jabuti 2016. Na Pública desde 2019, é secretária de redação e editora de site. Antes, foi estagiária de reportagem e chegou a participar de coberturas reconhecidas pelo Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde. 


Mais recentes

Os pedidos de impeachment de Bolsonaro

1 de junho de 2020

Especial da Agência Publica com pedidos de impeachment do presidente da República

A rede de Fake News que derrubou Mandetta

17 de abril de 2020 | por , , e

Investigamos quem são os aliados de Bolsonaro que ajudaram a espalhar desinformação sobre Coronavírus e isolamento social defendido pelo ex-ministro

Com saúde à beira do colapso por coronavírus, Amazonas isola 300 presos e não testa doentes

8 de abril de 2020 | por , , e

Segundo denúncia da Pastoral Carcerária, internos de penitenciária em Manaus apresentam sintomas que poderiam ser de Covid-19; secretaria nega

Coronavírus e o bolso: “Ninguém que está vivo no Brasil hoje viu algo tão sério”

30 de março de 2020 | por , , e

Garçons, vendedora, jardineiro, aeronauta: os relatos de trabalhadores suspensos ou que perderam empregos e os de empresários com seus negócios interrompidos pelo avanço da pandemia

Megaigrejas continuam abertas e dizem que fé cura coronavírus

19 de março de 2020 | por , e

Templos que recebem milhares de pessoas por culto planejam inclusive esquema de plantão para atender “os aflitos”

Las mega iglesias brasileñas continúan abiertas y dicen que la fe cura el coronavirus

19 de março de 2020 | por , e

Los templos que reciben a miles de personas para los cultos planean incluso estar de servicio para ayudar a "los afligidos”

Nas maternidades, a dor também tem cor

2 de março de 2020 | por e

Estereótipos de que negras são mais fortes e resistentes levam mulheres a sofrer com falta de analgesia no momento do parto