Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

O Truco é o projeto de fact-checking da Agência Pública.

Verificamos falas, correntes e informações em circulação na internet ou em redes sociais para saber se são verdadeiras ou não. Nosso objetivo é aprimorar o discurso público e a democracia, tornando políticos e personalidades públicas mais responsáveis por suas declarações. A preocupação permanente do Truco é analisar diferentes discursos e pontos de vista, sem qualquer distinção partidária ou ideológica.


Veja também o site Truco nos Estadosque traz checagens das campanhas de 2018 para governador no Ceará, em Minas Gerais, no Pará, no Paraná, em Pernambuco, no Rio Grande do Sul e em São Paulo.

Checagens mais recentes

Desafio público

Críticas à proposta de Orçamento para 2016: Truco, Álvaro Dias!

4 de setembro de 2015 | por

“O Congresso não pode fazer o milagre de colocar recursos nos cofres da União. O que o governo quer é transferir responsabilidade, fazendo com que o Congresso aumente a carga tributária, esmagando ainda mais o povo brasileiro.” – Álvaro Dias (PSDB-PR), senador e líder da oposição, em entrevista à Rádio Senado, na segunda-feira (31/08)

Alerta! Perigo!

Aumento no uso de carvão mineral. Que medo, Afonso Hamm!

28 de agosto de 2015 | por

“O mundo todo utiliza carvão mineral para 41% da geração elétrica; e o Brasil, menos de 2%. Então, nós temos espaço [para crescer].” – Afonso Hamm (PP-RS), deputado federal, durante evento em que foi reinstalada a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, na terça-feira (25)

Correto, mas falta contexto

Campanha financiada por pessoas físicas: Tá certo mas peraí, Érika Kokay!

28 de agosto de 2015 | por

“Tenho orgulho de ter a minha campanha financiada por pessoas físicas.” – Érika Kokay (DF), vice-líder do PT na Câmara, na quinta-feira (27), durante bate-boca com parlamentares na CPI dos Fundos de Pensão

Exagerado, distorcido ou discutível

Juros do Brasil são os mais altos do mundo? Não é bem assim, Álvaro Dias!

28 de agosto de 2015 | por

“De acordo com estudo realizado, a taxa de juros do Brasil é de 14,25%. Em conformidade com esse estudo, descontada a inflação dos últimos 12 meses, a taxa de juros reais no Brasil está em 4,92%. É a maior do mundo.” – Álvaro Dias (PSDB-PR), no plenário, na terça-feira (25)

Correto, mas falta contexto

Avanço das obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco: Tá certo mas peraí, Fátima Bezerra!

28 de agosto de 2015 | por

“Quero dizer da nossa alegria de, ao lado da presidenta Dilma, que está dando continuidade à obra, termos inaugurado essa primeira fase [do Projeto de Integração do Rio São Francisco]. São 77,8% das obras já construídas.” – Fátima Bezerra (PT-RN), senadora, no plenário, na terça-feira (25)

Falso

PRB é ficha limpa? Blefe, Crivella!

28 de agosto de 2015 | por

“PRB, 10 anos de prática ilesa da democracia! (…) Sem mácula, sem malícia, sem ambições desvairadas, sem corrupção! (…) Hoje o nosso partido pode se apresentar ao Brasil como um partido ficha limpa, que não tem medo do povo.” – Marcelo Crivella (PRB-RJ), senador, no plenário, em sessão solene de homenagem ao PRB na Câmara, na terça-feira (25)

Exagerado, distorcido ou discutível

Salário para militares de R$ 642? Não é bem assim, Bolsonaro!

28 de agosto de 2015 | por

“Quero lamentar, por outro lado, a irresponsabilidade deste governo federal, que paga a esses recrutas [do serviço militar obrigatório], a título de salário bruto, R$ 642, uma importância abaixo do salário mínimo.” – Jair Bolsonaro (PP-RJ), no plenário, na terça-feira (25)

Desafio público

Novo modelo de financiamento da saúde? Truco, José Guimarães!

28 de agosto de 2015 | por

“Pessoalmente, sou favorável a uma nova forma de financiamento da saúde, mas o governo nunca discutiu isso ou a CPMF.” – José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara, em entrevista a jornalistas, na quinta-feira (27)

Alerta! Perigo!

Estatuto do Desarmamento desrespeita população? Que medo!

21 de agosto de 2015 | por

“O Estatuto do Desarmamento foi uma das maiores excrescências que esta Casa já criou. Um ato totalmente antidemocrático, não respeitando a população.” – Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), autor do Projeto de Lei 3.722/12, que revoga o Estatuto do Desarmamento, em entrevista à Rádio Câmara, na segunda-feira (17)

Exagerado, distorcido ou discutível

Legalização das drogas. Não é bem assim, delegado!

21 de agosto de 2015 | por

“Caso o Poder Judiciário interfira nos poderes, no poder desta Câmara, desta Casa, deste deputado, de fazer a legislação, caso eles interfiram neste poder nosso, nós vamos legislar e proibir, em defesa da família brasileira, sem dúvida nenhuma, a legalização de qualquer tipo de droga. Temos que pensar nas famílias e nas pessoas de bem neste país.” – Delegado Waldir (PSDB-GO), deputado federal, no plenário, na quarta-feira (19)

Exagerado, distorcido ou discutível

ECA e dosimetria de pena. Não é bem assim, Torgan!

21 de agosto de 2015 | por

“Há muitas coisas boas [no Estatuto da Criança e do Adolescente], eu confesso, e a elas sou favorável. Mas, na dosimetria de pena, ele é um desastre.” – Moroni Torgan (DEM-CE), deputado federal, no plenário, na quarta-feira (19)

Login para aliados

Participe e seja aliado.

Fechar