Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

Tag: fact-checking

Conteúdo mais recente

Exagerado, distorcido ou discutível

Carga tributária: Não é bem assim, Raimundo Gomes!

18 de setembro de 2015 | por

“Você, telespectador, quando pagar sua energia, vai pagar 45% de imposto. Quando pagar o telefone, vai pagar 47% de imposto. Quando pagar a gasolina, vai pagar 38% de imposto. O imposto sobre o trigo, a farinha, assim como a média dos impostos brasileiros, é de 40%.” – Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), deputado federal, no plenário, na terça-feira (15)

Exagerado, distorcido ou discutível

Supersalário de R$ 180 mil: Não é bem assim, Giovani Cherini!

18 de setembro de 2015 | por

“Precisamos de uma reforma administrativa profunda que mexa nos supersalários. Há pessoas neste país ganhando R$ 160 mil, R$ 180 mil por mês.” – Giovani Cherini (PDT-RS), deputado federal, no plenário, na terça-feira (15)

Exagerado, distorcido ou discutível

CPMF é quase nada? Não é bem assim, Marroni!

18 de setembro de 2015 | por

“Resumindo: em R$ 1.000, a CPMF será de R$ 2; quase nada.” – Fernando Marroni (PT-RS), deputado federal, no plenário, na terça-feira (15)

Contraditório

Volta da CPMF. Aécio em crise!

18 de setembro de 2015 | por

“Não é aceitável (…) a volta da CPMF, o famoso imposto sobre transações financeiras que a sociedade já tinha se mostrado contra na sua última tentativa de renovação, em 2007.” – Aécio Neves (PSDB-MG), senador, em nota divulgada no site do PSDB na segunda-feira (14)

PEC contra impostos. Truco, Caiado!

18 de setembro de 2015 | por

“Estou apresentando proposta de emenda à Constituição (…) para vedar a instituição e o aumento de tributos por um período de quatro anos.” – Ronaldo Caiado (DEM-GO), senador, no plenário, na quarta-feira (16)

Sessão extraordinária da Câmara dos Deputados no dia 15 de dezembro

| Flashback da semana | Pacote fiscal sob fogo cerrado

18 de setembro de 2015 | por

Pacote de ajuste fiscal para recuperar o crescimento do país precisa passar pela peneira da Câmara e do Senado

| De olho | Mais um round entre Executivo e Legislativo

11 de setembro de 2015 | por

Projeto de lei de repatriação de dinheiro remetido ao exterior sem a devida declaração à Receita Federal pode entrar na pauta da semana

Exagerado, distorcido ou discutível

ProUni e novas universidades. Não é bem assim, Marcon!

11 de setembro de 2015 | por

“Lula, nosso presidente da República, e a presidente Dilma construíram, nesses últimos 12 anos, 14 universidades públicas federais (…). E, mais do que isso, o Prouni ampliou as vagas nas universidades públicas federais, o que deu condições para que a nossa juventude pudesse estudar.” – Dionilso Mateus Marcon (PT-RS), deputado federal, no plenário, na terça-feira (8)

Inflação de dois dígitos: Blefe, Cristovam Buarque!

11 de setembro de 2015 | por

“Está se esgotando, sim, outro pilar desses últimos 20 anos, que é a estabilidade monetária. Vamos ter dois dígitos de inflação provavelmente.” – Cristovam Buarque (PDT-DF), senador, no plenário, na quarta-feira (9)

Exagerado, distorcido ou discutível

Homossexualidade como opção. Não é bem assim, Stefano Aguiar!

11 de setembro de 2015 | por

“Cabe à pessoa querer ser gay ou querer deixar de ser gay, assim como cabe à pessoa procurar ou não um profissional para ajudá-la em suas decisões.” – Stefano Aguiar (PSB-MG), deputado federal, no plenário, terça-feira (8)

Exagerado, distorcido ou discutível

Frota do Senado: Não é bem assim, Renan Calheiros!

11 de setembro de 2015 | por

“A migração para o modelo atual de frota locada, cujo contrato anual é R$ 2,232 milhões, versus o modelo anterior, com frota própria e manutenção realizada pelo Senado Federal, representa uma economia anual de cerca de R$ 2,6 milhões.” – Trecho da nota enviada pela presidência do Senado para justificar o contrato atual de locação de automóveis, na quarta-feira (9)

Cunha e os cortes de gastos. Blefe!

11 de setembro de 2015 | por

“Não é pela via do aumento de impostos que vamos resolver o problema da conta. É melhor cortar gastos”, disse Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, em entrevista na terça-feira (8)