Mares Guia acerta na reincidência de presos que passaram pela Apac

Presos que foram assistidos pelas Apac retornam menos que os do sistema convencional

Debate da TV Alterosa em Minas Gerais Polícia Segurança Pública Sistema prisional

nataliavieira
2 minutos

“Nas Apacs, os presos têm a chance de, a cada 10, 9 jamais voltarem ao crime”, João Batista Mares Guia, do REDE, no debate da TV Alterosa no dia 18 de setembro.

Mares Guia afirma, com esse dado, que de 10 presos assistidos pela Apac (Associação de Assistência aos Condenados), apenas um retorna ao crime, o que dá, em valores percentuais, 10% de reincidência. Segundo estudo do Programa Novos Rumos do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG), estima-se que a reincidência dos egressos em unidades Apac é de 15%.

Como a margem de diferença entre a porcentagem da informação do candidato e a porcentagem apurada pelo TJMG está na margem aceitável de 5%, o Truco  checagens de fatos da Agência Pública classifica a afirmação de Mares Guia como verdadeira.

Conforme checagem da Pública averiguou, a taxa de reincidência no sistema prisional convencional, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é de 24,4%.

O Truco já havia realizado uma checagem anterior sobre a Apac. À época, checamos a frase de Claudiney Dulim que a execução penal da Apac tem sido mais barata do que a do sistema carcerário tradicional.

A Apac foi criada em 1972 como um grupo de voluntários com a finalidade de evangelizar e dar apoio moral aos presos. Em 1974, tornou-se uma entidade jurídica sem fins lucrativos, com o objetivo de auxiliar a Justiça a recuperar os presos.

Ainda segundo o estudo do TJMG, o custo mensal de um preso que cumpre sua reprimenda em Apacs é de 1.100 reais, podendo ter variação de acordo com a região do Estado. No sistema convencional, o custo é de aproximadamente 3.500 a 4.000 reais. Nas Parcerias Público Privado (PPP), o valor mensal é de 3.500 reais.

Procurada sobre a checagem, a assessoria de Mares Guia afirmou não ter mais comentários a acrescentar à publicação.

Falso, Anastasia: houve fuga da cadeia privada, sim, e foi durante seu governo
Antonio Anastasia - PSDB
Falso, Anastasia: houve fuga da cadeia privada, sim, e foi durante seu governo

Poucas, mas ocorreram: além de um preso que escapou disfarçado na trouxa de roupas, dois detentos no regime semiaberto saíram da prisão

Um pouco menos, Anastasia: proposta de Temer iria retirar dinheiro da BR 381, mas o valor é mais baixo
Antonio Anastasia - PSDB
Um pouco menos, Anastasia: proposta de Temer iria retirar dinheiro da BR 381, mas o valor é mais baixo

Candidato tem razão em apontar que PL retiraria verba da duplicação da rodovia, mas valor que seria reduzido é menor

MG Candidatos - Minas Gerais

Vice candidatos