Durante o governo Temer, o litro da gasolina ultrapassou os R$ 5 no interior do Pará

De julho de 2016 a setembro de 2018, o preço do litro da gasolina passou de R$ 3,85 a mais de R$ 5 em municípios paraenses como Altamira, no sudoeste do estado.

Debate TV Record Pará Combustíveis

Guilherme Guerreiro Neto, Jéssica Oliveira, Moises Sarraf
3 minutos

“No governo Temer, a gasolina passou de 4 para 5 reais”, Paulo Rocha (PT), durante debate da TV Record, 29 de setembro.

Durante o debate da TV Record no Pará, Paulo Rocha (PT) criticou a política de preços dos combustíveis no governo Temer. O candidato petista apontou aumento nos preços da gasolina, traçando um comparativo entre o início e o atual momento da gestão Michel Temer (MDB).

Perguntamos à assessoria de Paulo Rocha qual a fonte das informações. Em nota, a equipe do petista informou que, de acordo com reportagem do portal G1 Pará sobre pesquisa do Dieese, em julho de 2016 o preço médio da gasolina em Belém era de R$ 3,85 – 15 centavos abaixo dos R$ 4 citados pelo petista durante o debate. Já em 2018, ainda de acordo com a assessoria do candidato, o “preço da gasolina está acima de R$ 5,00 nos municípios de Abaetetuba, Alenquer, Conceição do Araguaia, Paragominas, Parauapebas, Redenção e Xinguara, conforme site da ANP”.

Em pelo menos 11 municípios do Pará, o valor da gasolina chegou a mais de R$ 5

Em consulta aos dados mais recentes da Agência Nacional do Petróleo (ANP), referentes ao período de 23 a 29 de setembro, concluímos que o preço médio do combustível em Belém é de R$ 4,67, chegando ao valor máximo de R$ 4,899, ambos, portanto, abaixo dos dados citados por Rocha. Mas, dos 16 municípios paraenses pesquisados pela ANP, 11 têm preços máximos acima dos R$ 5. Em Altamira, por exemplo, o valor mais elevado pesquisado pela agência chegou a R$ 5,390, resultando no litro de gasolina mais caro do Pará. Considerando os valores médios, oito municípios paraenses possuem preços acima dos R$ 5. Altamira também obteve a média mais elevada, com R$ 5,352, seguida por Parauapebas com R$ 5,207 e Abaetetuba com R$ 5,184.

Consideramos correto o valor de R$ 4 para o litro da gasolina em 2016, uma vez que os R$ 3,85 apontados pela assessoria como base da declaração estão dentro da margem de 5% aceita pelo Truco. Como o valor da gasolina ultrapassa os R$ 5 em 11 municípios paraenses em 2018, como citou Paulo Rocha, o Truco nos Estados considerou a declaração ‘verdadeira’.

Temer assumiu interinamente a presidência da República no dia 12 de maio de 2016, quando o Senado aprovou por 55 votos a 22 a abertura do processo do impeachment, afastando a então presidente Dilma Rousseff (PT). A investigação estava baseada na alegação de que a presidente teria cometido crime de responsabilidade, as chamadas pedaladas fiscais. Após três meses de tramitação do processo no Senado, votação em plenário (61 votos a favor e 20 contra) resultou na destituição da petista. Temer, então, assumiu a presidência para uma gestão que vai até o final de 2018.

Confira também a checagem sobre a continuação da frase do candidato, quando ele aborda o preço do gás de cozinha.

Temer não fechou a base flutuante em Óbidos e a Polícia Federal ainda atua no município
Márcio Miranda - DEM
Temer não fechou a base flutuante em Óbidos e a Polícia Federal ainda atua no município

Entreposto logístico na região amazônica, Óbidos teve a atuação da PF reduzida com o fechamento da base flutuante de Candiru. Ainda assim, a polícia possui contingente no município.

Falso, Helder: não houve impedimento ambiental para içar navio naufragado em Barcarena
Helder Barbalho - MDB
Falso, Helder: não houve impedimento ambiental para içar navio naufragado em Barcarena

Navio Haidar que naugrafou com quase 5 mil bois aguarda andamento da licitação para ser retirado do fundo do rio Pará, no porto de Vila do Conde

Márcio Miranda diz que até 3 mil caminhões cruzam Belém diariamente, mas órgãos de trânsito não confirmam o dado
Márcio Miranda - DEM
Márcio Miranda diz que até 3 mil caminhões cruzam Belém diariamente, mas órgãos de trânsito não confirmam o dado

Em entrevista à rádio Unama FM, o candidato usou a circulação de caminhões na capital paraense para justificar a implantação de um projeto logístico na cidade

PA Candidatos - Pará