Pedido 001

Proposta por

Antonio Jocelio da Rocha

Em análise há 860 dias

Lei de Impeachment e Art. 112 da Constituição

Antonio Jocelio da Rocha se identifica como candidato à Presidência “sem vínculo político partidário com organizações criminosas da esquerda, centro e direita”, ao final de seu pedido. Porém, sua candidatura teria sido “indeferida pelo criminoso TSE que não cumpre a lei a ordem”, como afirma, sem apresentar evidências. 

Por Laura Scofield

Antonio Jocelio apresentou o primeiro pedido de impeachment contra Jair Bolsonaro

Resumo do pedido

Escrito à mão, o pedido de Antonio Jocelio Rocha foi apresentado contra Jair Bolsonaro e “os demais líderes dos 2 poderes da União da República do Brasil”, por transformarem “o Estado em escravos de dívidas públicas criminosas”. 

“É crime contra a lei e a ordem manter o POVO brasileiro refém da dívida pública brasileira 100% criminosa”, afirma Antonio, que aponta que a omissão é crime. 

Para ele, os líderes brasileiros, Jair Bolsonaro entre eles, se omitiram quanto à “prática de usura” pelos bancos e demais instituições financeiras. “Metade da Nota Fiscal é roubada em usura e anatocismo dos direitos sociais de todos os iguais perante a lei”, acrescenta. 

De acordo com ele, não há a “necessidade de produzir qualquer outra prova senão citar a lei e a ordem”. O pedido foi arquivado em 27 de fevereiro de 2019, 22 dias depois de ter sido protocolado, por problemas na assinatura. 

Avise o Congresso que você quer acompanhar essa proposta 60

Pedido 001 na íntegra