AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

O vácuo eleitoral

Assista ao vídeo do primeiro e único debate sobre temas que os candidatos não querem responder, mediado por Rafucko

Quem assistiu aos programas eleitorais na TV percebeu: alguns temas extremamente importantes para o país simplesmente não passaram por lá. E não só nos programas, meticulosamente planejados pelas milionárias campanhas de ambos os partidos: a cada debate, as mesmas perguntas, as mesmas provocações se repetiram, com pouca profundidade e pouca novidade.

Depois de uma longa e estressante corrida eleitoral, pouco se sabe sobre o que Dilma Rousseff, candidata do PT, e Aécio Neves, do PSDB, pensam sobre cultura ou a crise da água no país, por exemplo. Outros temas, como o aborto clandestino – que chegou ao primeiro turno da corrida eleitoral apenas depois do trágico episódio em que Jandira Magdalena dos Santos, de 27 anos, morreu após fazer um aborto numa clínica clandestina no Rio de Janeiro – continuaram sendo tabus no segundo turno. Parecem que nem existem.Por isso convidamos Rafucko para, com seu saboroso humor, fazer as perguntas que ninguém faz aos presidenciáveis dessa eleição. Assim surgiu o programa Vácuo Eleitoral, com o propósito de jogar os holofotes sobre temas que os candidatos não querem responder.

Assista aos três blocos do programa e nos responda: que pergunta você acha que deixou de ser feita – e respondida – neste segundo turno?

 

 

[relacionados]

Tags: , , , , ,

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Jucá, o tricoteiro de quatro agulhas

| por | 24 de abril de 2017

Presidente do PMDB, principal articulador de Michel Temer no Congresso e uma das estrelas da Lava Jato, Romero Jucá defende uma transição no lugar do extermínio da classe política encurralada pelo maior escândalo de corrupção da história

Watu Morreu

| por , | 22 de abril de 2017

Para os índios Krenak que vivem às margens do rio Doce, a lama proveniente da mina da Samarco trouxe o fim da pesca e da caça e o ocaso de um estilo de vida. A empresa não responde se há salvação para aquelas águas