Agência de Jornalismo Investigativo

O prazo para envio de propostas vai até sexta-feira, dia 30 de março.

16 de março de 2012

Para se inscrever no concurso é simples. Mande uma proposta de acordo com o nosso regulamento para contato.publica@gmail.com.

As quatro propostas vencedoras serão anunciadas no dia 9 de abril e irão receber R$ 4.000, cada uma, para a realização de reportagem em texto ou vídeo até o final de junho. O conteúdo será depois publicado no site da Pública.

Mas o que é uma boa reportagem? Veja o vídeo.

Mais recentes

A eleição do “kit gay”

17 de outubro de 2018 | por , , e

Buscas na internet por “kit gay” nestas eleições bateram recorde de 2011, quando o assunto veio à tona; Bolsonaro e Malafaia lideram menções ao “kit”

Deep fakes são ameaça no horizonte, mas ainda não são arma para eleições, diz especialista

16 de outubro de 2018 | por e

Em entrevista à Pública, o pesquisador Aviv Ovadya explica quais serão as consequências do uso de tecnologias avançadas para a produção de mentiras espalhadas pelas redes sociais

Frei Betto: “Vejo paralelo entre o momento atual e a eleição de Hitler na Alemanha”

11 de outubro de 2018 | por

Em entrevista à Pública, o frade dominicano e escritor afirma que Bolsonaro é resultado da omissão do judiciário que permitiu a "lei esdrúxula da anistia recíproca" e que o PT "não cuidou de promover a alfabetização política do povo"

Truco!

Como assim, Anastasia? Senador diz que não tem patrimônio, mas é milionário

17 de outubro de 2018

Além de mais de R$ 1,3 milhão em bens, Anastasia recebe um salário de mais de R$ 20 mil do Senado e mora em apartamento funcional do governo — seu concorrente, Romeu Zema, é ainda mais rico

Doria acerta ao falar sobre apuração de mortes de ex-prefeitos do PT

17 de outubro de 2018

Polícia Civil e Ministério Público ainda mantêm procedimentos abertos sobre os casos de Toninho do PT e Celso Daniel

Bolsonaro não rejeitou aliança com Helder Barbalho: seu partido está coligado com MDB no Pará

16 de outubro de 2018

É falsa a imagem que reproduz suposta postagem do candidato Jair Bolsonaro declarando que jamais se aliaria “a uma família de corruptos”, em referência à família Barbalho. A coligação liderada por Helder Barbalho (MDB) recebe apoio do PSL, partido de Bolsonaro.

Explore também

Presidente Dilma durante recepção à Delegação Brasileira da WorldSkills 2015.

| De olho | Votação de vetos testa tamanho da base

18 de setembro de 2015 | por

Veto da presidente Dilma Rousseff que impede o reajuste salarial da categoria em até 78% pode cair no Senado

Infográfico: tudo sobre o impeachment

25 de setembro de 2015 | por

Entenda a Lei do Impeachment, crimes de responsabilidade e todo o processo no Congresso

Pobre sai, rico fica

16 de março de 2017 | por

A Justiça trata de maneira “diferenciada” os ricaços que têm mansões perto do Jardim Botânico – entre eles, o atual secretário de Habitação do Rio, Índio da Costa