Ação conjunta de veículos digitais visa arrecadar recursos para investir no jornalismo e na democracia

Ação conjunta de veículos digitais visa arrecadar recursos para investir no jornalismo e na democracia

1 de dezembro de 2020
14:18
Este texto foi publicado há mais de 1 ano.

Em tempos de desinformação, nunca foi tão importante fortalecer o jornalismo profissional e de qualidade. Pensando nisso, neste Dia de Doar, a Agência Pública se junta a 17 organizações jornalísticas espalhadas pelo Brasil para mostrar a importância de apoiar o jornalismo independente. A data marca um dia de mobilização global por doações em apoio às mais diversas causas.

Aqui na Pública, produzimos há quase 10 anos jornalismo investigativo, de qualidade e com impacto, que ajuda a construir um debate democrático mais saudável. Nossas reportagens revelam injustiças e mobilizam o poder público para remediá-las. Além disso, trabalhamos para fomentar o jornalismo independente no Brasil e na América Latina, oferecendo bolsas de reportagem e promovendo investigações colaborativas inovadoras. Você pode fortalecer a Pública se juntando aos mais de 1.500 Aliados que apoiam nosso trabalho porque acreditam que ele é essencial para o Brasil. 

Além disso, você pode também contribuir para promover o jornalismo de outras organizações independentes parceiras da Pública, que estão conosco neste Dia de Doar: Ponte Jornalismo, Maré de Notícias, Aos Fatos, Énois, Marco Zero Conteúdo, Agência Mural de Jornalismo das Periferias, Projeto #Colabora, O Joio e O Trigo, Congresso em Foco, Revista AzMina, Nós, mulheres da periferia, Gênero e Número, Portal Catarinas, Eco Nordeste, Amazônia Real, Agência Saiba Mais e ((o)) eco. Neste link é possível acessar as campanhas de doação de todas as organizações.

O Dia de Doar não visa somente arrecadar dinheiro. A campanha abraça uma causa conjunta: a democracia. Colaborar e doar para o jornalismo significa também defendê-la. Com narrativas plurais, cada um destes veículos preza pela liberdade de imprensa, que garante o amplo acesso à informação e a fiscalização do poder público. A contribuição à democracia está nas denúncias de injustiças, na representatividade e na diversidade ao retratar a realidade brasileira em diferentes regiões do país. Em um ano cheio de desafios com a pandemia de coronavírus, a importância do jornalismo se tornou ainda maior tanto para informar quanto para combater a desinformação.

Seja aliada da Pública

Todos precisam conhecer as injustiças que a Pública revela. Ajude nosso jornalismo a pautar o debate público.

Mais recentes

Em discurso, à tribuna no Senado, senadora Simone Tebet.

Fazendeira e ruralista, Simone Tebet perde aliados no MS ao se afastar do bolsonarismo

5 de julho de 2022 | por

Proprietária em região de conflito com os Guarani-Kaiowá, senadora já defendeu indenizações em dinheiro para fazendas em áreas indígenas e suspensão de demarcações

Mais cinco já admitiram ocultação de bens e corpos de Bruno e Dom, diz PF

5 de julho de 2022 | por e

Delegado que coordena os trabalhos da Polícia Federal diz que “trabalha com hipótese” de mandante, mas que hoje não tem elementos para indiciar ou fazer buscas contra alguém

Novo estudo expõe contradições do pensamento militar sobre a defesa da Amazônia

4 de julho de 2022 | por

Ana Penido, uma das autoras, questiona conceitos centrais da perspectiva militar sobre a Amazônia, como defesa das fronteiras, geopolítica e soberania