Agência de Jornalismo Investigativo

Eliane Brum

Escritora, jornalista e documentarista. Trabalhou por 11 anos no jornal Zero Hora, de Porto Alegre, e por 10 anos na revista Época, em São Paulo, como repórter especial. Desde 2010 tornou-se freelancer, dedicando-se a reportagens, livros e documentários. Mantém uma coluna no jornal El País, publicada nas versões digitais em português e espanhol. Ganhou mais de 40 prêmios de reportagem nacionais e internacionais, entre eles Vladimir Herzog, Esso e Rei da Espanha. Publicou cinco livros de não-ficção: “Coluna Prestes, o avesso da lenda” (1994) , “A Vida Que Ninguém Vê” (Prêmio Jabuti de 2007), “O Olho da Rua” (2008, reeditado em 2017), “A Menina Quebrada” (2013) e “meus desacontecimentos” (2014). Também publicou o romance “Uma Duas” (2011). Assina a direção e o roteiro de quatro documentários: “Uma história severina” (2005), “Gretchen Filme Estrada” (2010), “Laerte-se” (2017) e “Eu+1 – uma jornada de saúde mental na Amazônia” (2017)