Agência de Jornalismo Investigativo

Watch this short documentary about violence in the eyes of the children of Maré, one of the most dangerous slums in Rio de Janeiro, Brazil

23 de março de 2014

This documentary has been produced by Marie Naudascher and Patrick Vanier, two French journalists based in Brazil, thanks to a crowdfunding organized by the São Paulo based AgenciaPública. « I died in the Maré » documents how the children of the Maré, in Rio de Janeiro, see themselves and the violence that surrounds them.

 

Today, Maré is one of Rio’s most dangerous favelas, torn by drug gang rivalries as well as by constant invasions by military and civil police. How do the children understand this reality? What are their fears? After weeks following these children, they eventually draw us pictures of their reality. It’s too risky to talk too much…”

I died in the mare from Agência Pública on Vimeo.

Je suis mort à Maré 

Ce documentaire a été réalisé par Marie Naudascher et Patrick Vanier, deux journalistes français travaillant au Brésil, grâce à un crowdfunding organisé par l’Agence d’investigation “Pública”, basée à São Paulo.

“Je suis mort à Maré” donne la parole aux enfants de la favela Complexo da Maré, à Rio de Janeiro, et explore leur vision de la violence. Maré est aujourd’hui encore l’une des favelas les plus dangereuses de la ville, partagée entres les factions rivales, lesmilices et les incursions de la police.

je suis mort à Maré from Agência Pública on Vimeo.

 

[relacionados]

Explore também

Colômbia polarizada

3 de outubro de 2016 | por

O plebiscito pela paz não conseguiu convencer 62% dos colombianos a irem às urnas; o resultado, que favoreceu a rejeição ao acordo com as Farc, mostra que a polarização é maior nas classes altas

Meu amigo Jobim

5 de agosto de 2011 | por

Reportagem publicada em 30 de novembro de 2010 mostrava proximidade de Nelson Jobim com embaixadores americanos, que o viam como forte aliado

Mais recentes

Como a internet está matando a democracia

19 de março de 2019 | por

Em entrevista à Pública, o pesquisador e autor inglês Jamie Bartlett diz que hoje em dia cuidar do nosso comportamento online é mais importante que votar

Um ministro em órbita

18 de março de 2019 | por

Falta de articulação política de Pontes, titular do Ministério da Ciência e Tecnologia, um dos “patinhos feios” do Planalto, preocupa comunidade científica, que aguarda implantação de projetos

Atmosfera em universidades brasileiras preocupa organização internacional que protege acadêmicos ameaçados

18 de março de 2019 | por

Em entrevista à Pública, pesquisadora do Scholars at Risk diz que tem sido procurada por professores que querem deixar o país temendo pela própria vida