Agência de Jornalismo Investigativo
26 de junho de 2014

Veja como é a rotina de alguns dos brasileiros que ainda não têm acesso à energia elétrica – e daqueles que vão poder ver a Copa em casa pela primeira vez

Como é o cotidiano dos brasileiros que ainda não têm acesso à energia elétrica? Veja, a seguir, uma galeria de imagens registradas para a reportagem “Não vai ter Copa”, publicada no projeto Microbolsas da Copa. As fotos mostram um pouco da rotina dos moradores de Serra da Estrela, uma comunidade de Saboeiro, no Ceará, que ainda não tem acesso ao serviço.

As fotos também revelam como é a vida dos moradores de Cafundó, em Choró, também no Ceará. O local passou a ter acesso ao serviço em 2011, por meio do programa Luz para Todos, e muitos dos seus moradores vão assistir a uma Copa do Mundo pela primeira vez.

Mesmo com a chegada da energia elétrica e do contato com o mundo exterior, Antônio Preto não sabe o que é seleção brasileira

Comentários

Mais recentes

A Ocupação Bubas, em Foz do Iguaçu

8 de Fevereiro de 2018 | por

Ensaio fotográfico mostra como vivem 1200 famílias que ocupam um terreno na cidade famosa pelas cataratas

O zapatismo e o caminho originário

13 de Janeiro de 2018 | por

O fotógrafo André Mantelli acompanhou a caminhada liderada por mulheres indígenas em território Zapatista em nome da aspirante a candidata nas eleições presidenciais

Movimento dos Trabalhadores Sem Teto – SP

24 de Fevereiro de 2017 | por

Registramos durante duas semanas de fevereiro o dia a dia dos acampados do maior movimento por moradia do Brasil

Explore também

Conheça os vencedores do Concurso de Microbolsas sobre o Judiciário

23 de Março de 2016 | por

Foram escolhidas cinco pautas entre 86 inscrições vindas das cinco regiões do Brasil

Precisamos falar sobre a Globo

15 de Fevereiro de 2018 | por

Além de discutir a concentração de audiência e de propriedade de mídia no país, entrevista traz bastidores de ex-editora do Jornal Nacional e ex-repórter do jornal O Globo

O estopim da crise

22 de setembro de 2014 | por

O Pastor Silas Malafaia detonou o programa de Marina no twitter “no que tange aos direitos dos gays”; menos de 24 horas depois o programa mudou