Curta-metragem de animação conta a história de Luis Cardona, sequestrado durante uma investigação jornalística

Curta-metragem de animação conta a história de Luis Cardona, sequestrado durante uma investigação jornalística

18 de janeiro de 2017
12:03
Este texto foi publicado há mais de 5 anos.

“Soy el número 16” é um curta-metragem de animação, no qual o jornalista mexicano Luis Cardona narra seu sequestro e a tortura sofrida durante uma investigação jornalística.

Debruçado sobre o sequestros de 15 jovens no centro Casas Grandes, em Chihuahua, México, Cardona foi o 16 sequestrado. A história envolve agentes do governo e narcotraficantes. 

A animação pretende ser a primeira de uma série sobre defensores de direitos humanos e jornalistas. “Soy el número 16” foi finalista da categoria inovação do Prêmio Gabriel García Márquez 2016.

O trabalho foi dirigido por Rafael Pineda “Rapé” e Leopoldo Hernández e publicado originalmente no site mexicano Pie de Página.

A seguir, o vídeo com as legendas em português.

Soy el numero 16 from Agência Pública on Vimeo.

[relacionados]

Seja aliada da Pública

Todos precisam conhecer as injustiças que a Pública revela. Ajude nosso jornalismo a pautar o debate público.

Mais recentes

Imagem mostra área alagada e com risco de desabamento, graças às chuvas intensas

2022 e clima: “Não precisamos esperar o futuro, o clima já está mudando”, diz pesquisador

21 de janeiro de 2022 | por

Eventos climáticos extremos serão cada vez mais extremos — e rotina —, diz José Marengo, climatologista classificado pela Reuters como um dos cientistas mais influentes do mundo

Em uma sala de uma unidade de saúde, enfermeiras aplicam teste de coronavírus em pacientes

2022 e a pandemia: Ômicron, vacinas e o futuro da covid-19 no Brasil segundo pesquisadores

20 de janeiro de 2022 | por e

Entrevistamos três cientistas para saber se estamos no início do fim da pandemia ou não, quais as perspectivas para os próximos meses e os riscos que a covid-19 ainda reserva

De modelo internacional à extinção: como morre uma política pública

19 de janeiro de 2022 | por , e

Programa de diversificação do cultivo de tabaco que beneficia agricultores do setor foi alterado no governo Bolsonaro. Detalhe: o programa era referência internacional