Agência de Jornalismo Investigativo

Precisamos bater a meta de R$ 80 mil para produzir oito reportagens que serão escolhidas por você!

20 de outubro de 2017

O último mês foi cheio de emoções aqui na Pública. No dia 12 de setembro, lançamos nosso terceiro crowdfunding, que vai financiar a terceira edição da Reportagem Pública, projeto que fazemos em parceria com nossos leitores. Agora, falta uma semana para a campanha acabar e você pode fazer parte do nosso conselho editorial!

Funciona assim: todo mês, nossos repórteres propõem três pautas para os apoiadores do projeto e eles decidem qual devemos investigar. Fizemos uma animação que explica como é:

A Reportagem Pública só acontece se batermos a meta de R$ 80 mil em uma semana. É com esse dinheiro que vamos financiar oito reportagens que serão escolhidas por quem apoiar o crowdfunding. Um ótimo exemplo de reportagem escolhida pelos leitores é o “Especial Quilombolas”, realizado na Reportagem Pública 2015 e que neste mês ganhou o Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos!

Se não conseguirmos o dinheiro até dia 27 de outubro, as contribuições que recebemos até agora serão devolvidas para as mais de 700 pessoas que já apoiaram e o projeto não vira realidade. Já recebemos apoios muito importantes, mas ainda precisamos da sua contribuição para fazer reportagens investigativas!

Acreditamos que a participação e o engajamento dos  leitores é fundamental para um jornalismo mais independente. Venha ser parte do conselho editorial da Pública!

Apoie a Reportagem Pública!

https://www.catarse.me/reportagempublica2017

 

Mais recentes

A tropa de choque de Bolsonaro no Congresso

21 de janeiro de 2019 | por e

Representantes da velha política e estreantes, acusados e réus em processos, maçons e ex-policiais se misturam na nova bancada do PSL

Governo liberou registros de agrotóxicos altamente tóxicos

18 de janeiro de 2019 | por e

Entre eles está o Sulfoxaflor, liberado nos últimos dias do ano passado, que já foi acusado de exterminar as abelhas nos EUA

Registros de novas lojas de armas aumentaram mais de 1.000% em 15 anos

17 de janeiro de 2019 | por e

Novos registros concedidos pelo Exército para estabelecimentos comerciais foram de 16 em 2003 para 206 em 2018, segundo dados obtidos pela Lei de Acesso à Informação; maior concentração é na Região Sul do país

Explore também

Guatemala propõe legalizar cultivo da papoula

1 de abril de 2013 | por

Depois do Uruguai propor a legalização da maconha, a Guatemala também busca uma nova forma de enfrentar o narcotráfico: permitir os cultivos de papoula, dos quais se obtêm a heroína, para fins medicinais

Há 4 anos, especialistas africanos já apontavam caminhos para uma Copa melhor

27 de julho de 2012 | por

Documento realizado a 40 mãos na África do Sul diz que comitês locais precisam ter cuidado ao anunciar os benefícios de megaeventos

O maior mistério da Olimpíada

30 de maio de 2016 | por

Seis vigas de aço pesando 110 toneladas simplesmente desapareceram em meio às obras para o Porto Maravilha. Nosso repórter foi atrás dessa história e da fracassada investigação policial