Buscar

Propostas podem ser enviadas até 04/06. Agência Pública e Conectas vão distribuir quatro bolsas de R$ 7 mil para repórteres realizarem investigações jornalísticas

Da Redação
25 de maio de 2018
14:11
Este artigo tem mais de 6 ano

Agência Pública e Conectas Direitos Humanos prorrogaram hoje, 25/5 o prazo de inscrição para o programa de Microbolsas sobre violência policial e intervenção militar. Com a proximidade do feriado de Corpus Christi, o novo prazo permitirá mais tempo para a elaboração das propostas. Jornalistas de todo o Brasil têm, agora, até dia 04/06 para enviar suas propostas de investigação.

Os vencedores serão definidos pela direção da Agência Pública e da Conectas. Os repórteres vencedores receberão, além da bolsa de R$ 7 mil, mentoria e edição da Agência Pública, que fica responsável pela publicação e distribuição do conteúdo.

Os candidatos devem detalhar sua pauta, planos de trabalho e de orçamento. Também é necessário comprovar a experiência na produção de reportagens investigativas. Fica a critério do repórter a utilização da bolsa, que pode ser usada para cobrir as despesas com a produção da reportagem.

Nesta edição do programa, os repórteres pré-selecionados passarão por uma fase de entrevistas. Os vencedores serão anunciados dia 11 de junho.

Leia aqui o regulamento do concurso. Para mais informações, escreva para contato@apublica.org.

Sobre a Agência Pública: A Agência Pública foi fundada em 2011 e tem como missão produzir reportagens de fôlego pautadas pelo interesse público, sobre as grandes questões do país do ponto de vista da população – visando o fortalecimento do direito à informação, à qualificação do debate democrático e a promoção dos direitos humanos. Todas as reportagens são livremente reproduzidas por mais de 700 veículos por ano, sob licença creative commons. A Pública também atua para promover o jornalismo investigativo independente através de programas de mentoria para jovens jornalistas, bolsas de reportagem e incubação de projetos de jornalismo independente. Em 2017 a Agência Pública foi vencedora dos prêmios Vladimir Herzog e Prêmio República e duas vezes finalista do Prêmio Gabriel García Marquez. Em 2016, foi o terceiro veículo mais premiado do país, e o primeiro veículo brasileiro indicado ao Prêmio Liberdade de Imprensa, da organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF). https://apublica.org/

Sobre a Conectas: A Conectas Direitos Humanos é uma ONG fundada em 2001 e sediada em São Paulo, cuja missão é efetivar e ampliar os direitos humanos e combater as desigualdades para construir uma sociedade justa, livre e democrática a partir de um olhar do Sul Global. Com status consultivo na ONU e presença no Conselho Nacional de Direitos Humanos e no Comitê Nacional de Prevenção e Combate à Tortura, atuamos por meio de incidência política, denúncias internacionais, litigio e mobilização de pessoas para produzir transformações nos temas mais urgentes em matéria de direitos fundamentais. http://www.conectas.org/

Não é todo mundo que chega até aqui não! Você faz parte do grupo mais fiel da Pública, que costuma vir com a gente até a última palavra do texto. Mas sabia que menos de 1% de nossos leitores apoiam nosso trabalho financeiramente? Estes são Aliados da Pública, que são muito bem recompensados pela ajuda que eles dão. São descontos em livros, streaming de graça, participação nas nossas newsletters e contato direto com a redação em troca de um apoio que custa menos de R$ 1 por dia.

Clica aqui pra saber mais!

Quer entender melhor? A Pública te ajuda.

Faça parte

Saiba de tudo que investigamos

Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.

Artigos mais recentes