Agência de Jornalismo Investigativo

Uma comunidade contra o óleo

3 de dezembro de 2019

Uma comunidade contra o óleo

3 de dezembro de 2019

Nossa reportagem mostra os impactos da chegada do óleo em Canavieiras, na Bahia, e flagra o armazenamento em escola abandonada

“35 toneladas de óleo dentro de Canavieiras é pouco”, pergunta Tatiana Miranda, pescadora e marisqueira no município de Canavieiras, no sul da Bahia. Ali, a comunidade se mobilizou para enfrentar a chegada de toneladas de petróleo cru de origem desconhecida que atingiu mais de 700 praias do litoral brasileiro. 

No vídeo, mostramos os impactos na vida de pescadores que dependem da venda de peixes e mariscos além da mobilização coletiva para mitigar os impactos ambientais na região. Para enfrentar o “monstro”, como diz um deles, foi criada a SOS Mangue Mar Canes, um grupo de 300 pescadores e extrativistas que monitoram o problema com a ajuda de voluntários. 

Por outro lado, na base do improviso, a prefeitura local armazena o óleo numa escola abandonada a espera do governo estadual, que afirma não ser sua obrigação a destinação final do produto. “O estado não tem obrigação de fazer a coleta do óleo, mesmo assim está apoiando as ações municipais, até que seja definida uma destinação final”. O Inema, reitera, no entanto, que em Canavieiras todo o resíduo “está sendo encaminhado para a CTR Bahia Resíduos”.

Reportagem, imagem, edição, montagem
Joana Moncau

Coordenação
Thiago Domenici

Imagens da marcha
Raíssa Celina da Costa Sousa

Imagens de celular
Arquivo SOS Mangue Mar Canes

Trilhas
Jingle Punks

Precisamos te contar uma coisa: Investigar uma reportagem como essa dá muito trabalho e custa caro. Temos que contratar repórteres, editores, fotógrafos, ilustradores, profissionais de redes sociais, advogados… e muitas vezes nossa equipe passa meses mergulhada em uma mesma história para documentar crimes ou abusos de poder e te informar sobre eles. 

Agora, pense bem: quanto vale saber as coisas que a Pública revela? Alguma reportagem nossa já te revoltou? É fundamental que a gente continue denunciando o que está errado em nosso país? 

Assim como você, milhares de leitores da Pública acreditam no valor do nosso trabalho e, por isso, doam mensalmente para fortalecer nossas investigações.

Apoie a Pública hoje e dê a sua contribuição para o jornalismo valente e independente que fazemos todos os dias!

Mais recentes

Governo de MG avaliza exploração na Serra do Curral após negativa da AGU

29 de novembro de 2022 | por

Mineradoras Gute Sicht e Fleurs Global são investigadas pela PF e atuam sem licenciamento ambiental

COP27 entrega fundo de perdas e danos mas tem trégua com combustíveis fósseis

22 de novembro de 2022 | por

Analisamos os resultados da conferência que, apesar de decisão histórica, não foi capaz de aumentar ambição climática

Na COP27, Lula inicia retorno do Brasil à agenda global de combate às mudanças climáticas

19 de novembro de 2022 | por

Com perspectiva de nova postura para o Brasil, passagem do presidente eleito se tornou um dos grandes destaques da COP