Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo
20 de maio de 2015

Agência Pública e a organização Artigo 19 obtiveram acesso a 537 contratos de demanda firme assinados pela Sabesp com empresas que consomem muita água no Estado de São Paulo. Esses contratos oferecem às empresas uma lógica contrária à do consumidor comum: quanto maior o uso médio de água, maior o desconto oferecido pela Sabesp.

Os contratos, publicados nesta base de dados, fazem parte de uma investigação do Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema) do Ministério Público Estadual sobre a crise hídrica.

Aqui os cidadãos poderão averiguar quais são as condições dos contratos, os descontos na conta e verificar se o prédio onde trabalham, a sua igreja ou time de futebol estão usando muita água. Para ver as informações e os documentos, basta selecionar o nome da empresa abaixo. A ferramenta também permite buscar os clientes por nome. Basta clicar na seta do menu dropdown.

Contratos

Mínimo de duas letras.
dataanosvolume (m3/mes)valor (BRL)tarifa (BRL/m3)volume por ano
A pesquisa atual não dá resultados.

Leia também a nossa reportagem sobre os dados.

Baixe aqui a tabela com os dados sobre os contratos (os dados de consumo estão em m3).

E aqui você consegue baixar todos os contratos em PDF

Leia mais: Sabesp censura contratos de grandes consumidores

Leia mais: Em 2014, Sabesp vendeu água do Cantareira com desconto

Leia mais: Água destinada a empresas aumenta 92 vezes em 10 anos

Seja aliada da Pública

Faça parte do nosso novo programa de apoio recorrente e promova jornalismo investigativo de qualidade. Doações a partir de R$ 10,00/mês.

Comentários de nossos aliados

 Ver comentários

Esta é a área de comentários dos nossos aliados, um espaço de debate para boas discussões sobre as reportagens da Pública. Veja nossa política de comentários.

Carregando…
Você precisa ser um aliado para comentar.
Fechar
Só aliados podem denunciar comentários.
Fechar

Explore também

O Rio que os cariocas querem

15 de março de 2013 | por

Movimentos populares cariocas fazem caminhada contra alterações causadas por obras da Copa; veja as matérias do Copa Pública sobre remoções e violações ao patrimônio do Rio

“O discurso do ódio estava presente desde 2010, se viu nas eleições municipais e voltou com força em 2014”

22 de junho de 2015 | por

Coordenadores da campanha digital de Marina Silva reavaliam a campanha e vaticinam: o discurso de ódio nas redes está nas lides do PT

Querem nos despejar. E agora?

1 de maio de 2012 | por

A Relatoria da ONU para o Direito à Moradia Adequada criou guias para moradores de comunidades ameaçadas por remoções e também para quem vai participar das operações de despejos

Mais recentes

“Tenho acesso direto aos assessores de Mourão”, diz presidente do Clube Militar

25 de maio de 2019 | por

Às vésperas da manifestação pró-governo, general Eduardo Barbosa defende a ditadura militar, a economia liberal de Paulo Guedes e até Flávio Bolsonaro, investigado no caso Queiroz: “Causa estranheza ao se ver tanta relevância no caso”

Manifestações podem definir futuro de Bolsonaro no Congresso

24 de maio de 2019 | por

A Pública conversou com parlamentares sobre a crise entre governo e Congresso; ceticismo predomina, mas o resultado das ruas no dia 26 terá peso decisivo no futuro dessas relações

Dois anos do massacre de Pau D’Arco: mandantes ainda impunes e ameaça de despejo

24 de maio de 2019 | por

Em entrevista à Pública, a advogada Andréia Silvério, da CPT de Marabá, conta que os sobreviventes da chacina que vitimou dez trabalhadores ocupantes da fazenda Santa Lúcia em Pau D’Arco (PA) não receberam nenhum apoio do Estado, e que novos conflitos são iminentes

Login para aliados

Participe e seja aliado.

Fechar