Agência de Jornalismo Investigativo

Leavantamos 165 empresários do transporte carioca e identificamos as sociedades que eles formam em diversas empresas, incluindo de outros ramos

8 de agosto de 2017

Ex-candidato a deputado acusado de homicídio, ex-assessora de deputada condenada por fraude eleitoral, empresário condecorado por vereador beneficiado por seus financiamentos de campanha, proprietários de contas em paraísos fiscais e muito mais. Engana-se quem pensa que a família Barata reina sozinha no ramo de transporte público via ônibus no Rio de Janeiro. A lista é longa e o perfil dos empresários, diverso.

Atrás dos Baratas, líderes do setor, há diversos outros grupos expressivos, como o Grupo Redentor, JAL, Rubamérica e Real Auto, além de empresas menores. São eles que comandam as concessões de transporte público rodoviário na capital carioca, por meio dos quatro consórcios que atuam em distintas regiões da cidade (Santa Cruz, Transcarioca Internorte e Intersul). Com base em dados declarados pelas empresas à Receita Federal, a Pública identificou os proprietários das 39 empresas que formam esses consórcios.

São 165 sócios organizados em grupos – quase sempre familiares – que dividem também outros negócios, além das concessões de ônibus. Estão aí tanto os primeiros empresários do ramo – Jacob Barata, José de Castro Barbosa (o Zé do Pau), José Ferreira etc. – como novos executivos e herdeiros. A transição entre gerações é uma preocupação no setor, tanto que a Fetranspor criou um programa exclusivo para orientação de herdeiros na sucessão dos negócios.

Além das concessionárias de ônibus, foram mapeadas outras 249 empresas desses proprietários. Elas atuam principalmente no setor de transporte e imobiliário. Destacam-se também os ramos automobilístico e de gestão de empresas.

As imobiliárias correspondem a 43 das 249 empresas. 11 destas imobiliárias possuem participação direta da família Barata no quadro societário.

Conheça os donos dos ônibus no Rio de Janeiro, selecionando um consórcio/região da cidade (esse mapa funciona apenas em laptops, desktops ou tablets):

[Aperte aqui para abrir em uma nova janela ]

O quadro societário das empresas na Receita Federal foi utilizado como base para o mapeamento e os dados estão disponíveis em formato aberto aqui: https://github.com/belisards/mapa-onibus-rj/

Atualização: Uma versão anterior do texto dizia que havia 410 empresas de ônibus no mapeamento. Na verdade, são 39. A informação foi corrigida.  

Explore também

Os custos secretos dos hambúrgueres

22 de agosto de 2012 | por

Assista ao vídeo do Center for Investigative Reporting e entenda que os custos de um hambúrguer vão além do preço pago no balcão de uma lanchonete

Concurso de Microbolsas sobre Maconha – Perguntas Frequentes

10 de abril de 2017 | por

Preparamos uma seleção com perguntas e respostas recorrentes sobre o Concurso de Microbolsas para Reportagens sobre Maconha, realizado pela Pública em parceria com o Centro de Estudos sobre Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes - CESeC

A batalha de Humaitá

13 de janeiro de 2014 | por

A suspeita de que foram os indígenas os responsáveis por três desaparecimentos funcionou como um rastilho de pólvora em uma região marcada pela ilegalidade, violência e omissão do Estado.

Mais recentes

Ministério de Damares é acusado por órgão de combate à tortura de impedir inspeção em presídios do Ceará

15 de fevereiro de 2019 | por

Subordinado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, membros do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura falaram à Pública sobre como a pasta de Damares impediu a ida de peritos ao Ceará

Antes do Ceará, 8 municípios já haviam proibido fumigação aérea de agrotóxicos

15 de fevereiro de 2019 | por e

Em janeiro, estado foi o primeiro a proibir pulverização em todo seu território; empresários cearenses se articulam para derrubar a lei e estão “mapeando” deputados estaduais

Choque de interesses

14 de fevereiro de 2019 | por

No Mato Grosso, segundo estado mais desmatado da Amazônia Legal, governador é sócio de empresas de infraestrutura e mineração – incluindo barragem de alto potencial de dano em Cuiabá