Agência de Jornalismo Investigativo

Mande uma pauta inédita e um plano de trabalho e inscreva-se até o dia 23 de março. Clique aqui para saber mais.

27 de Fevereiro de 2012

Se você tem uma pauta inédita e sonha em fazer a sua reportagem de maneira independente, clique aqui para ler o regulamento. As propostas serão analisadas por uma comissão julgadora composta pelas coordenadoras da Pública e os nossos conselheiros.

As quatro propostas vencedoras receberão um total de R$ 4.000, cada uma, para a realização de reportagem em texto ou vídeo até o final de junho. O valor pode ser usado para custos e para pagamento do repórter, na proporção que ele escolher.

O conteúdo será depois publicado no site da Pública.

As inscrições estão abertas até o dia 23 de março e devem ser feitas através do email: contato.publica@gmail.com

Os vencedores serão anunciados no dia 2 de abril.

A Pública acredita na reportagem. E no repórter.

“Jornalismo genuinamente objetivo é aquele que não apenas apura os fatos, mas compreende o significado dos acontecimentos. É impactante não apenas hoje, mas resiste à passagem do tempo. É validado não apenas por ‘fontes confiáveis’, mas pelo desenrolar da história. E dez, vinte, quinze anos depois ainda serve como espelho verdadeiro e inteligente do que aconteceu” – T.D.Allman

Comentários

Mais recentes

Uma ativista perseguida no governo Macri

18 de Janeiro de 2018 | por

Líder da Tupac Amaru, importante organização social da Argentina, Milagro Sala está presa em condições ilegais por crimes que não cometeu segundo organizações internacionais de direitos humanos

“Licitação de Dória traz muitos pontos duvidosos”, diz especialista em transporte

17 de Janeiro de 2018 | por

Em entrevista à Pública, o geógrafo Oliver França Scarcelli examina criticamente o novo edital para a concessão do serviço de ônibus em São Paulo

Sorteio do Supremo é caixa preta

16 de Janeiro de 2018 | por

STF não detalha procedimentos que definem o sorteio de processos entre ministros; levantamento de dados da última década revela equilíbrio, mas não há como descartar possíveis manipulações

Explore também

| De olho | Briga pela sucessão de Cunha esquenta o clima na Câmara

10 de julho de 2016 | por

Líderes partidários e pré-candidatos discutem como se dará a escolha do novo presidente; maior polêmica é em relação à data da eleição

Pesca predatória dizima peixes no sul do Pacífico

17 de Fevereiro de 2012 | por

A situação do peixe cavala, que teve uma redução de 90% da sua população, é um prenúncio de uma crise global que está começando; o peixe pode acabar

Correto, mas falta contexto

Telmário Mota e banda larga. Tá certo, mas pera aí!

10 de novembro de 2015 | por

“A chamada ‘banda larga’ (...) já alcança 94 milhões de brasileiros, principalmente com a disseminação do uso dos acessos móveis”, disse Telmário Mota (PDT-RR), senador, no plenário, na segunda-feira (9)