São Paulo é uma cidade que tem obsessão por fluxo. São informes diários, minuto a minuto, das condições de trânsito para quem está de carro. Mas e os que querem conviver?

São Paulo é uma cidade que tem obsessão por fluxo. São informes diários, minuto a minuto, das condições de trânsito para quem está de carro. Mas e os que querem conviver?

21 de setembro de 2012
17:00
Este texto foi publicado há mais de 7 anos.

Em nome da fluidez do tráfego, seguidas administrações abriram mais e mais espaços para a circulação motorizada. Para que as ruas ficassem mais largas, a praça perdeu espaço e importância, e foi atropelada por viadutos e vias expressas. Hoje São Paulo tem aproximadamente 1,5 pessoa por veículo motorizado. Basta uma parcela deles – são 7 milhões – para trancar a cidade. Para escoar a frota, a resposta tem sido a mesma: mais vias, menos espaços públicos.

Mas aos poucos, grupos de moradores estão retomando os espaços públicos, que seguem abandonados pelo poder público. Em homenagem ao Dia Mundial Sem Carro (22/09), a Agência Pública foi conhecer algumas destas iniciativas. Veja o vídeo.

 

* João Lacerda é jornalista formado pela PUC-Rio e tem na bicicleta seu principal meio de transporte em São Paulo, onde vive. Esta reportagem foi realizada através do Concurso de Microbolsas de Reportagem da Pública, em parceria com a Rede Brasil Atual.  

Seja aliada da Pública

Que tal participar da luta contra as fake news sobre coronavírus? Apoie a Pública. A sua contribuição se transforma em jornalismo sério e corajoso, com impactos reais.

Mais recentes

“Quanto maior o colapso do governo, maior a virulência da guerra cultural”, diz pesquisador da Uerj

28 de maio de 2020 | por

Para o professor João Cezar de Castro Rocha, uma visão revanchista e revisionista da história brasileira moldou Bolsonaro e os bolsonaristas; é essa narrativa que justifica a criação e eliminação de inimigos em série enquanto, ao mesmo tempo, torna impossível governar

“O Brasil poderá ser conhecido como o país que enraizou o negacionismo científico”, diz Nicolelis

27 de maio de 2020 | por

Para evitar uma catástrofe, o renomado neurocientista Miguel Nicolelis afirma que é o momento de adotar medidas drásticas contra o coronavírus: lockdown em locais onde a ocupação dos hospitais esteja acima de 80%, acompanhado de um auxílio econômico que, de fato, permita às pessoas ficar em casa

Milicianos invadem área ambiental e formam máfia da areia no Rio de Janeiro

26 de maio de 2020 | por

Moradores vivem sob regime de medo dentro de uma APA na Baixada Fluminense que tinha oito areais clandestinos funcionando; empresa flagrada tem 11 notificações de órgãos ambientais