A Pública está com vagas abertas para repórter, produtor de podcasts e estágio nas áreas de reportagem, jornalismo de dados e design; as candidaturas devem ser feitas via formulário até o dia 26 de janeiro

A Pública está com vagas abertas para repórter, produtor de podcasts e estágio nas áreas de reportagem, jornalismo de dados e design; as candidaturas devem ser feitas via formulário até o dia 26 de janeiro

13 de janeiro de 2020
16:00
Este texto foi publicado há mais de 1 ano.

A Agência Pública começa 2020 em busca de novos profissionais e estagiários para fazer parte da equipe. São cinco vagas: para repórter, produtor de podcasts, estagiário de reportagem, estagiário de jornalismo de dados e estagiário de design e criação. Todas as vagas são para trabalhar presencialmente na redação da Agência Pública, em São Paulo.

As candidaturas devem ser feitas através dos formulários correspondentes a cada vaga (links abaixo) até o dia 26 de janeiro de 2020. A seleção será concluída após a realização de testes e entrevistas presenciais com os pré-selecionados. Todos os inscritos serão avisados se foram ou não pré-selecionados.  

A Agência Pública é uma organização sem fins lucrativos que valoriza a diversidade de raça, gênero, classe e região do Brasil. Esses critérios serão levados em consideração no processo seletivo. 

Para saber mais sobre cada uma das vagas e participar do processo seletivo, acesse os links abaixo:

– Vaga: Repórter

– Vaga: Produtor de Podcasts

– Vaga: Estagiário de Reportagem

– Vaga: Estagiário de Jornalismo de Dados

– Vaga: Estagiário de Design e Criação

Seja aliada da Pública

Todos precisam conhecer as injustiças que a Pública revela. Ajude nosso jornalismo a pautar o debate público.

Mais recentes

Busto novo de Carlos Lamarca no Vale do Ribeira

“Carlos Lamarca é muito maior do que Bolsonaro”, diz Claudia, filha do guerrilheiro

17 de setembro de 2021 | por

Ato em memória dos 50 anos da morte de Lamarca hoje colocou um novo busto no lugar do arrancado em 2017 por Ricardo Salles

Agente do Prevfogo encara queimada em mata aberta. Ele usa vestimenta amarela com equipamento de proteção.

Conhecimento indígena inova estratégia de combate a incêndios

17 de setembro de 2021 | por e

Saberes ancestrais sobre o uso controlado do fogo para evitar queimadas, reconhecidos pela ciência, inspiram projeto de lei que institui nova política de combate a incêndios

Integrantes do MST protestam em frente ao edifício da Bayer contra as ações e produtos da empresa

Bayer aposta em “propaganda positiva” após processos por agrotóxicos e contraceptivos

16 de setembro de 2021 | por

Nas redes, empresa fala em cuidado com meio ambiente e direitos da mulher; atrás das telas paga bilhões em acordos judiciais e enfrenta acusações de doenças causadas por pesticidas