Estamos em busca de profissionais para vagas de repórter, coordenador de redes sociais, assistente financeiro e estagiários de reportagem, comunicação e design; é possível participar até 31/03

Estamos em busca de profissionais para vagas de repórter, coordenador de redes sociais, assistente financeiro e estagiários de reportagem, comunicação e design; é possível participar até 31/03

17 de março de 2021
15:00

A Agência Pública está em busca de novos profissionais e estagiários para compor sua equipe. Estão abertas vagas para repórter, assistente financeiro, coordenador de redes sociais, estagiário de reportagem, estagiário de reportagem em Brasília, estagiário de comunicação e estagiário de design. Os interessados devem responder ao formulário de candidatura até o dia 31/03 (links abaixo).

O processo seletivo será realizado de forma remota. A seleção será concluída após a realização de testes e entrevistas com os pré-selecionados. Todos os inscritos serão avisados se foram ou não selecionados para as fases seguintes. 

No momento, a Agência Pública está trabalhando em home office por período indefinido. Futuramente o trabalho será presencial, exceto para a vaga de estágio de reportagem em Brasília. 

A Agência Pública é uma organização sem fins lucrativos que valoriza a diversidade de raça, gênero, classe e região do Brasil. Esses critérios serão levados em consideração no processo seletivo. Candidatos negros serão priorizados.

Para saber mais sobre cada uma das vagas e participar do processo seletivo, acesse os links abaixo:

Seja aliada da Pública

Ajude a Pública a investigar os poderosos. Sua doação permite que a gente revele os abusos que outros preferem esconder.

Mais recentes

“Não há um único genocídio que não tenha sido precedido por discursos de ódio”

3 de agosto de 2021 | por e

Em entrevista exclusiva, Alice Wairimu Nderitu, do Escritório para a Prevenção do Genocídio da ONU explica por que o Brasil está no radar da instituição

“Embaixada” de reverendo que negociou vacinas foi inaugurada com homenagens a Bolsonaro

2 de agosto de 2021 | por e

Amilton Gomes criou ONG humanitária que usou indevidamente marcas da OAB e CNJ e buscou articular encontros desde o presidente da República a políticos e empresários do DF

Cidade envenenada: a história desconhecida de um dos maiores desastres ambientais do país

2 de agosto de 2021 | por e

Centenas de toneladas de agrotóxico cancerígeno foram esquecidas nos anos 60 pelo governo federal na área de um orfanato; moradores ainda sofrem efeitos na saúde