Agência de Jornalismo Investigativo

Pandemia e perseguição

O infectologista Marcus Lacerda sofre ameaças por comprovar que a cloroquina, uma droga promovida por Bolsonaro para “tratamento precoce” contra o coronavírus, não funciona

Ouça agora:

EP 1 Pandemia e perseguição

O infectologista Marcus Lacerda sofre ameaças por comprovar que a cloroquina, uma droga promovida por Bolsonaro para “tratamento precoce” contra o coronavírus, não funciona

0:00
4 de agosto de 2021
11:00
Este texto foi publicado há mais de 1 ano.

Ao longo da pandemia de Covid-19 está havendo uma pandemia de perseguições. Cientistas dizem estar sendo atacados por causa dos estudos relacionados à crise sanitária. Alvos do negacionismo e de uma onda anticiência capitaneada pelo governo Bolsonaro, eles revelam que sofrem intimidações, demissões e recebem até ameaças de morte. Alguns são obrigados a sair do país para se proteger. Mas todos têm algo em comum: estão dispostos a colocar a própria vida em risco para defender a ciência.

O episódio de hoje mostra cientistas brasileiros que correm contra o tempo para salvar o país da maior pandemia do século. Um deles é o infectologista Marcus Lacerda. Marcus sofre ameaças em série depois de comprovar que a cloroquina, uma droga promovida por Bolsonaro como “tratamento precoce” contra o coronavírus, não funciona. O presidente ainda resiste a seguir as medidas de distanciamento social recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e chega até a dizer que a Covid-19 era “apenas uma gripezinha”.

Quem está por trás deste episódio:
Direção, roteiro e reportagem e locução – Mariana Simões
Montagem, mixagem, masterização – Ricardo Terto
Trilha sonora e música tema – Ricardo Terto
Rádio Fake News – Roteiro e locução Ricardo Terto, apoio de pesquisa Ethel Rudnitzki
Coordenação e edição – Natalia Viana
Apoio – Instituto Serrapilheira
Consultora de Roteiro – Gisele Regatão
Divulgação – Marina Dias, Ravi Spreizner, Tainah Ramos
Ilustração – Catarina Bessell
Este podcast usou trechos de áudios da Rádio França Internacional e do O Globo

Precisamos te contar uma coisa: Investigar uma reportagem como essa dá muito trabalho e custa caro. Temos que contratar repórteres, editores, fotógrafos, ilustradores, profissionais de redes sociais, advogados… e muitas vezes nossa equipe passa meses mergulhada em uma mesma história para documentar crimes ou abusos de poder e te informar sobre eles. 

Agora, pense bem: quanto vale saber as coisas que a Pública revela? Alguma reportagem nossa já te revoltou? É fundamental que a gente continue denunciando o que está errado em nosso país? 

Assim como você, milhares de leitores da Pública acreditam no valor do nosso trabalho e, por isso, doam mensalmente para fortalecer nossas investigações.

Apoie a Pública hoje e dê a sua contribuição para o jornalismo valente e independente que fazemos todos os dias!

Mais recentes

Doadores bancaram R$ 8 milhões para eleição de políticos da tropa de choque bolsonarista

7 de dezembro de 2022 | por

Mapeamos os principais doadores de 30 dos deputados federais do PL mais alinhados com o bolsonarismo

“PL do Lobby” aprovado na Câmara prejudica fiscalização de esquemas como as rachadinhas

5 de dezembro de 2022 | por

Proposta derruba resolução que permite o monitoramento das contas de pessoas próximas a políticos, ministros e juízes

Questões da Transição: Por dentro da guerra entre Trump e seus generais

1 de dezembro de 2022 | por , e

Como o general Mark Milley e outros lidaram com a ameaça à segurança nacional representada por Trump após a derrota