AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Desabafo de Ciro Gomes escondido pela Globo é notícia falsa

Corrente de WhatsApp diz que entrevista de ex-governador teria sido ocultada, mas depoimento ocorreu em programa da RedeTV!

Ciro Gomes em entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV!.

Ciro Gomes em entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV!. Foto: Reprodução

“Isso foi ao vivo. A Globo não teve como evitar esse desabafo do Ciro Gomes. Foi bem cedo no Bom Dia Brasil, pois, imediatamente após, algumas pessoas do Congresso e do Senado ligaram para a Rede Globo e retiraram o vídeo da pauta dos demais telejornais do dia. Repassem a todos de suas listas de contatos. Sem dó! Vale a pena compartilhar!!!” – Corrente enviada pelo WhatsApp, de autoria desconhecida

Falso

Uma corrente de WhatsApp alerta: a Rede Globo não conseguiu evitar o desabafo do ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) ao entrevistá-lo no seu telejornal matinal, o Bom Dia Brasil. “Pessoas do Congresso Nacional” teriam ligado para reclamar e, depois disso, nenhum outro telejornal da emissora repercutiu a fala. A mensagem vem acompanhada de um vídeo, de 1 minutos e 44 segundos, em que Gomes faz uma série de críticas à reforma da Previdência. O Truco – projeto de fact-checking da Agência Pública – verificou a acusação e descobriu que ela é falsa.

A corrente baseou-se em um fato real, um trecho de uma entrevista de Ciro Gomes, para distorcer o contexto em que ocorreu e, assim, chamar a atenção. Ao despertar a curiosidade para o conteúdo do vídeo e para as circunstâncias em que teria sido ocultado pela Globo, incentiva muitos dos que o receberam a compartilhar a mensagem. É um funcionamento típico das chamadas fake news, ou notícias falsas.

Corrente de WhatsApp afirma que Ciro Gomes (PDT) deu uma entrevista que a Globo tentou esconder

Corrente de WhatsApp afirma que Ciro Gomes (PDT) deu uma entrevista que a Globo tentou esconder. Foto: Reprodução.

A primeira pista de que as informações da mensagem foram manipuladas é a jornalista que faz a entrevista, Amanda Klein. Ela faz parte da equipe da RedeTV!, não da Rede Globo. Logo, não poderia ter ouvido o político no Bom Dia Brasil. O cenário que aparece no vídeo, um fundo azul com desenhos, também não tem nenhuma relação com o do telejornal da Globo.

Uma busca no YouTube com as palavras “Ciro Gomes Amanda Klein RedeTV” traz mais uma pista para resolver o mistério. O primeiro resultado é um vídeo de 40 minutos, com o mesmo cenário, publicado pelo canal do próprio Ciro Gomes. O título é “Ciro Gomes no É Notícia RedeTV! 20/12/2016”. Para ter certeza de que a entrevista realmente ocorreu neste programa, bastou localizar o site oficial no Google ao digitar “É Notícia RedeTV”. A fala completa do ex-governador está lá e ocorreu realmente em 20 de dezembro do ano passado.

A análise de várias fontes mostra que o depoimento não ocorreu em um telejornal da Rede Globo, tornando as outras informações inválidas – integrantes do Congresso não telefonaram para a emissora. Logo, a mensagem usada na corrente de WhatsApp para divulgar a fala de Ciro Gomes é classificada como falsa.

Entenda mais sobre a metodologia e sobre os selos de classificação adotados pelo Truco no site do projeto. Sugestões, críticas e observações sobre esta checagem podem ser enviadas para o e-mail truco@apublica.org.

Tags: , , , , , , , , ,

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

  • Uagnis Sousa Sousa

    Ciro. Gomes. Quando. Se. Referes. Dória. Ele. Age. Como. Garoto. Invejoso. Sender. Agredindo. O. Bom. Prefeito. De. Modo. Grosseiro. Pouco. Convincente. Quando. Se. Refere. Ao. Lulalau. Sempre com. Tom de. Bajulação. Querendo. Agradar. Aos. Petistas. Que. Jamais. Lhe. Apoiariam. Pois. Na. Hora. Dá. Decisão. Eles. Não. Divida. Nada. Com. Estranhos. Dubios

    • ary borel

      Bobagem!

  • Rodrigo

    O vídeo é dá redeTV mas o que o Ciro falou é verdade. Check a idade que o Temer aposentou e me diga se não é 55 anos.

    • ary borel

      Verdade!

Como nasce o “prensado”

Como nasce o “prensado” 4

| por | 21 de agosto de 2017

Flagramos diversos problemas na colheita da maconha paraguaia que podem afetar a saúde do usuário; como o mercado é ilegal, até erva estragada é enviada para o Brasil

Destrinchando a maconha paraguaia 4

| por | 21 de agosto de 2017

Nosso repórter passou 15 dias em uma plantação ilegal de maconha no Paraguai; miséria e corrupção marcam o cotidiano de um “Estado paralelo”, longe das agências policiais e facções criminosas