Agência de Jornalismo Investigativo

Leia a íntegra da resposta de Greenhalgh à Pública

5 de agosto de 2011

“Em primeiro lugar, repilo absolutamente o título de que sou ‘informante’ da Embaixada dos Estados Unidos, com o sentido de ser colaborador, assessor ou braço norte-americano no Brasil – só faltava essa!

Nunca me reuni com oficiais políticos do Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, nem em 2007 nem em qualquer tempo. E sempre que estive nas cercanias do Consulado ou da Embaixada dos Estados Unidos foi para participar de atos de protestos.

Esse WikiLeaks, na verdade, ao invés de revelar fatos da diplomacia norte-americana, está virando um antro de fofocas e mentiras. Posso assegurar que essa é a hipótese de agora. Em 2007, eu já não era deputado federal, já tinha retornado às minhas atividades como advogado, em São Paulo, e já tinha me afastado de reuniões políticas.

Em segundo lugar, meu nome foi usado indevidamente por esses e-mails, na tentativa de dar mais peso à idéia da direita de criminalizar o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e acusar o governo de financiar suas ‘atividades ilícitas’.

Sou um militante permanente no combate às tentativas de criminalização dos movimentos sociais. Portanto, o e-mail diz exatamente o contrário do que eu penso.

Por fim, jamais fui convidado para ocupar cargo na Secretaria de Direitos Humanos. Apoiei o ministro Paulo Vanucchi abertamente, em todas suas propostas, especialmente, àquela de criar a Comissão da Memória e da Verdade.

Jamais fiz críticas ao Ricardo Berzoini, quer como presidente do PT quer como deputado. Muito ao contrário. Fui um dos mais ativos na recondução dele à presidência do PT – ele próprio é testemunha disso.

Portanto, o conteúdo desses e-mails é absolutamente inverídico, só servindo para ser uma tentativa de estabelecer cizânias e desconfianças nas relações políticas entre companheiros. Não passarão!”

Tags

Comentários

Mais recentes

O impasse em Honduras

23 de Fevereiro de 2018 | por e

Em entrevista, Manuel Zelaya, presidente deposto em 2009, diz que eleições de novembro passado foram roubadas e promete insurreição pacífica

Militares não gostam de fazer papel de polícia, diz pesquisador

22 de Fevereiro de 2018 | por

Uso político, falta de liberdade de ação e risco de corrupção estão entre os motivos apontados por militares entrevistados para doutorado

Nove meses de luto

20 de Fevereiro de 2018 | por

Impedidas de escolher, grávidas de fetos com órgãos vitais comprometidos se preparam para o luto durante o pré-natal

Explore também

Cunha e reajuste do Judiciário. Blefe!

2 de outubro de 2015 | por

“Há uma polêmica num veto sobre reajuste do Poder Judiciário aprovado no plenário do Senado Federal por unanimidade. Quem criou o problema desse veto foi o Senado, não foi a Câmara dos Deputados. Então, agora estão cobrando responsabilidade do que eles foram irresponsáveis em terem aprovado.” – Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, na quinta-feira (1º)

Conheça os vencedores das Microbolsas Maconha!

8 de Maio de 2017 | por

Concurso teve recorde de inscrições – saiba quem são os quatro escolhidos para ganhar as bolsas de 7 mil reais e produzir suas reportagens sobre maconha

Friboi, a campeã nacional em acidentes

3 de junho de 2015 | por

Dados do Ministério da Previdência mostram que a JBS, dona da marca Friboi, é a campeã em acidentes de trabalho em frigoríficos no Brasil