Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

Lançamos hoje um espaço dedicado a produzir, apoiar e discutir o jornalismo independente; pioneira, a Pública também lança mapa do jornalismo independente no Brasil

3 de março de 2016

Neste mês de março, comemoramos cinco anos de existência da Agência Pública. Hoje anunciamos novos passos nessa caminhada de produção e apoio ao jornalismo independente: no dia 19 de março, vamos inaugurar a Casa Pública, o primeiro centro cultural de jornalismo do país, no Rio de Janeiro. Lançamos também o Mapa do Jornalismo Independente, um extenso levantamento sobre as novas iniciativas de mídia no Brasil.
casa4-vetor-v3
A Casa Pública é um centro para a produção, fomento, discussão e apoio ao jornalismo independente e inovador no Brasil a na América Latina.

O espaço será inaugurado no próximo dia 19 e irá funcionar das quartas aos sábados das 10h às 21h na rua Dona Mariana, 81, Botafogo, Rio de Janeiro.

O objetivo é fortalecer a produção de conteúdos de qualidade, aprofundados, pautados pelo interesse público e pela defesa da democracia, em um momento de explosão de novas iniciativas, coletivos, sites e organizações que se propõem a produzir jornalismo fora da tradicional indústria de notícia.

Nestes cinco anos, a Agência Pública tem coberto persistentemente as violações dos direitos dos brasileiros. Agora, a partir da Casa Pública pretende incubar novas iniciativas de jornalismo independente e promover a troca de experiências entre profissionais do mundo todo interessados em jornalismo investigativo e direitos humanos. Com a chegada dos Jogos Olímpicos de 2016, o Rio é o local ideal para gerar esse intercâmbio.

A Casa Pública também vai promover exposições e mostras de filmes, apoiar e receber eventos de jornalismo e criar workshops e laboratórios. A redação da Agência Pública continua em São Paulo. Veja os eventos a cada semana, aqui: http://apublica.org/casapublica/

Mapa do jornalismo independente

No mesmo sentido de fomentar o jornalismo independente, a Pública lança hoje o Mapa do Jornalismo Independente, que traz informações sobre 70 iniciativas de mídia de todo o Brasil. Neste mapa interativo, são mostrados veículos que nasceram na rede, fruto de projetos coletivos e não ligados a grandes grupos de mídia, políticos, organizações ou empresas.

Além das organizações listadas pela Pública, o Mapa do Jornalismo Independente tem caráter colaborativo e permite que os leitores adicionem outras iniciativas através do preenchimento de um formulário no próprio site.
O objetivo é entender como funcionam e como se sustentam essas novas iniciativas, em um momento de ruptura e renascimento do jornalismo. O Mapa é uma construção coletiva, que busca abrir discussões sobre os novos atores que têm surgido no jornalismo brasileiro.

Acesse aqui o Mapa do Jornalismo Independente

O mapa do jornalismo independente.clipular

.yarpp-related{display:none;}

Seja aliada da Pública

Faça parte do nosso novo programa de apoio recorrente e promova jornalismo investigativo de qualidade. Doações a partir de R$ 10,00/mês.

Comentários de nossos aliados

 Ver comentários

Esta é a área de comentários dos nossos aliados, um espaço de debate para boas discussões sobre as reportagens da Pública. Veja nossa política de comentários.

Carregando…
Você precisa ser um aliado para comentar.
Fechar
Só aliados podem denunciar comentários.
Fechar

Explore também

Trabalhadores reféns em obras bilionárias na Amazônia

8 de novembro de 2013 | por e

Mortes no Maranhão, trabalhadores forçados por soldados da Força Nacional a permanecerem em canteiro de obras em Belo Monte. Acusados de violar direitos trabalhistas, megaempreendimentos recebem financiamento do BNDES

Caminho de Bolsonaro ao poder seguiu “lógica da guerra”, diz antropólogo que estuda militares

11 de abril de 2019 | por

Aos 100 dias de governo, Piero Leirner afirma que desde a campanha vivemos uma espécie de ‘guerra híbrida’ e explica os motivos que despertaram os militares para um novo ciclo de participação política

De bombom envenenado a bilhetes ameaçadores, as histórias de juízes jurados de morte

21 de fevereiro de 2019 | por

Dos mais de cem juízes ameaçados no país em 2017, 76 viviam sob proteção; a Pública entrevistou quatro deles em diferentes estados para saber dos impactos na sua rotina e de suas famílias

Mais recentes

Em “presidencialismo sem presidente”, Congresso tem que ter “agenda própria”, diz Renan

23 de maio de 2019 | por

Senador do MDB afirma à Pública que manifestação de domingo será decisiva para os rumos do governo e que se fracassarem: “Ou é renúncia, ou golpe, ou impeachment, pode apostar, que são apostas sem muito embasamento enfático ainda”

Eles também são vítimas do Exército

23 de maio de 2019 | por

Assim como nos casos de Evaldo Rosa e Luciano Macedo, familiares de outros jovens fuzilados por soldados no Rio relatam à Pública tentativa de criminalização das vítimas, ausência de socorro e impunidade

“Nós precisamos dar sustentação ao homem que elegemos”

22 de maio de 2019 | por

Em ato durante a AgroBrasília, produtores rurais e representantes de 76 entidades do setor se vestiram de verde e amarelo para defender reformas da Previdência e tributária e pacote anticrime de Moro e “cobrar” lealdade dos parlamentares a projeto do governo

Login para aliados

Participe e seja aliado.

Fechar