Agência de Jornalismo Investigativo

Na quarta reportagem do Especial África, o diplomata Celso Amorim conta como e por que o Brasil desembarcou na África nesse século 21

14 de Março de 2016

É um Celso Amorim informal o que nos recebe em seu apartamento em Copacabana, iluminado pela tarde de verão. Longe de governos e dos rituais de sua profissão, o ex-chanceler e ex-ministro da Defesa respondeu abertamente às perguntas da Pública com bom humor e pragmatismo. Não assumiu a defensiva nem quando questionado a respeito da relação do país com governos autoritários, como o de Angola.

“O planeta Terra é  um grande condomínio, eu não posso ficar escolhendo meus vizinhos”, brincou. “Todos aqueles que partiram para impor o bem, causaram mais mal do que bem. Exemplos recentes: Iraque, Líbia…”

Orgulhoso de ter participado da aproximação entre Brasil e África no governo Lula, defende a política adotada pelo ex-presidente, de apoiar as empresas brasileiras na África. “Se você está apoiando uma empresa brasileira em relação a uma chinesa ou uma russa ou uma norte-americana é o que todos os países fazem!”. E garante: ganhar dinheiro não era a prioridade do Brasil no continente africano.

“Haviam razões comerciais também, mas eu não diriam que elas predominaram. Elas eram importantes um pouco até para satisfazer o apetite da mídia brasileira”, disse, afirmando que havia um “racismo subconsciente” que apontava como inútil a aproximação entre Brasil e África.

Confira a entrevista concedida em outubro de 2015 a Eliza Capai, Marina Amaral e Natalia Viana.

Entrevista Celso Amorim_Final from Agência Pública on Vimeo.

 

Mais recentes

Ministério de Direitos Humanos recebe quatro denúncias contra policiais militares por dia

19 de julho de 2018 | por

Nos últimos sete anos, Disque 100 recebeu 7.856 denúncias, com 9.496 vítimas

Condenação dos 23 é recado para impedir novas mobilizações, diz Eloisa Samy

18 de julho de 2018 | por

A advogada condenada a 7 anos de prisão por sua participação nas jornadas de junho de 2013 conversou com a Pública sobre a sentença

Clamor por justiça

17 de julho de 2018 | por

A jornalista britânica Jan Rocha, que foi correspondente da BBC durante o regime militar, traz um trecho inédito do livro recém-lançado sobre grupo de apoio às famílias perseguidas pelas ditaduras latino-americanas

Explore também

Manifestação contra o governo Dilma e a favor do impeachment, em Brasília

| De olho | Impeachment ganha novo impulso no Congresso

13 de Março de 2016 | por

No embalo das manifestações de domingo e da iminência de rompimento do PMDB com Dilma, Câmara aguarda decisão do STF na próxima quarta para instalar comissão que vai analisar processo contra a presidente

Reportagem Pública 2015: últimos dias para doar!

2 de Março de 2015 | por

Agora é tudo ou nada: se não atingirmos a meta até sábado, 7 de março, o dinheiro que arrecadamos até agora volta para os doadores e o Reportagem Pública 2015 não sai do papel. Venha fazer parte disso!

Investigação indica que dinheiro dos credores da Boi Gordo virou terra em Matopiba

19 de junho de 2018 | por

Enquanto 30 mil pessoas lesadas por uma das maiores falências do Brasil lutam por ressarcimento na Justiça, investigação aponta lucros astronômicos obtidos por grupo proprietário da massa falida, com auxílio de fundo de investimento