Com a participação do público, vamos monitorar casos de violência como ofensas, ameaças, agressões e assassinatos

Com a participação do público, vamos monitorar casos de violência como ofensas, ameaças, agressões e assassinatos

10 de agosto de 2022
09:00

O guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Arruda comemorava seu aniversário em Foz do Iguaçu (PR) quando foi assassinado a tiros pelo policial apoiador de Jair Bolsonaro Jorge Guaranho. Entre janeiro e junho de 2022, já ocorreram ao menos 214 casos de violência contra lideranças políticas, um aumento de 23% em relação ao primeiro semestre de 2020, último ano eleitoral, de acordo com levantamento do Observatório da Violência Política e Eleitoral (OVPE) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).   

Nas duas últimas eleições, a Agência Pública vem cobrindo casos de violência relacionados ao pleito, pois entendemos que a segurança é essencial para garantir eleições livres e democráticas. Em 2022, queremos mapear e investigar casos de violência contra eleitores, candidatos, mesários e também contra jornalistas. Vamos incluir no levantamento episódios em que a violência aconteceu presencialmente, ou seja, não vamos considerar ataques feitos pela internet ou telefone.

Você passou por alguma situação de violência relacionada à eleição? Sofreu algum ataque por discordância política? Ficou sabendo de casos assim pelas redes sociais ou pela imprensa local? Responda o questionário abaixo, ou, se preferir, mande uma mensagem no WhatsApp para (11) 98886-9401 ou um email para participe@apublica.org. As denúncias serão checadas pela equipe da Pública. Garantimos que seu relato será lido e que você só será identificado na matéria se nos autorizar — este é apenas um primeiro contato com nossa equipe. 

Seja aliada da Pública

Investigar as ameaças à democracia é nossa forma de protegê-la.

Mais recentes

Amazonas vive descontrole na segurança pública — mas tema passa longe da eleição

23 de setembro de 2022 | por

Ex-apresentador de programa policial, bolsonarista Wilson Lima tenta reeleição em meio a escalada de violência

Governo bloqueia R$ 250 milhões da saúde indígena; nota cita tentativa de reversão

22 de setembro de 2022 | por

O bloqueio atingiu seis ações de governo, incluindo combustíveis, transporte e convênios

Atingidos por agrotóxicos não conseguem reparação na Justiça, aponta dossiê inédito

21 de setembro de 2022 | por

Pesquisa levantou 30 casos de intoxicação e aponta impunidade, demora nas perícias e falta de fiscalização