Apoie!

Seja aliada da Pública

Seja aliada

Agência de Jornalismo Investigativo

Andrea DiP

Andrea Dip é repórter especial e editora na Agência Pública de Jornalismo Investigativo. Trabalha com jornalismo em direitos humanos desde 2001. Recebeu sete prêmios de jornalismo em Direitos Humanos e foi finalista do Prêmio Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Ibero-Americano em 2015, junto ao quadrinista Alexandre de Maio, com a primeira reportagem investigativa feita em quadrinhos no Brasil. Em maio de 2018 lançou seu primeiro livro reportagem “Em nome de Quem? A bancada evangélica e seu projeto de poder” que recentemente levou o 3o lugar no Prêmio da Biblioteca Nacional. Em junho lançou o documentário “Sob Constante Ameaça”, realizado em co-direção com o artista Guilherme Peters. É becária Cosecha Roja e Independent Journalism Program de Open Society Foundation 2018 na cobertura sobre juventude, desigualdade e pobreza, violência contra as mulheres, crimes de ódio e ataques contra a comunidade LGBTQ.


Negar a ditadura é uma agressão às vítimas e à sociedade

25 de outubro de 2018 | por

Especialista em justiça na transição de regimes autoritários para democráticos, professora analisa o comportamento do Judiciário brasileiro em relação à ditadura militar e aponta os perigos de negar ou relativizar os crimes cometidos pela ditadura

A ditadura julgada às vésperas das eleições

25 de outubro de 2018 | por

Acompanhamos o julgamento que decidiu pela prescrição de ação movida pela família de um jornalista vítima do coronel Ustra – o herói de Bolsonaro – e entrevistamos sobreviventes e familiares de outras vítimas da ditadura militar

A foto não pode ser publicada separadamente

“Quando você não acerta suas contas com a história, a história te assombra”

9 de outubro de 2018 | por

Em entrevista à agência Pública, o filósofo Vladimir Safatle aponta relação direta entre sucesso de Bolsonaro nas urnas e a ditadura “que não terminou”

Ameaçadas de morte por quem se diz pró-vida

17 de setembro de 2018 | por

Uma pastora, uma jornalista, uma estudante e uma professora: quatro mulheres que sofrem ataques e perseguições por defenderem a descriminalização do aborto falam à Pública. As histórias são estarrecedoras.

Vamos deixar o ódio de fora no debate sobre o aborto

2 de agosto de 2018 | por

Em entrevista, a pesquisadora Debora Diniz explica por que a criminalização do aborto é inconstitucional e comenta as ameaças que a levaram ao Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos

Argentina: do “Nenhuma a Menos” à legalização do aborto

10 de julho de 2018 | por

Em entrevista, duas ativistas do movimento de mulheres explicam como mobilizaram a opinião pública do país vizinho e contam o que estão fazendo para buscar a aprovação do aborto seguro no Senado no próximo dia 8

Sob constante ameaça

25 de junho de 2018

Sob constante ameaça

13 de junho de 2018 | por

A repórter Andrea Dip conta aqui como foi criado o curta que aborda a restrição do direito à cidade para as mulheres por medo e violência de gênero

Convênio médico pode tudo?

29 de maio de 2018 | por

A Pública investiga por que as empresas de planos de saúde – há seis anos recordistas de reclamações dos consumidores – ganharam tanto poder no país em que 70% da população utiliza o SUS, que sofre com encolhimento de verbas

Em nome de quem?

22 de maio de 2018 | por

A repórter Andrea Dip conta como surgiu o livro-reportagem que investiga o projeto de poder dos evangélicos, a ser lançado em breve pela Civilização Brasileira, e revela um trecho em primeira mão para os leitores da Pública