Buscar
Podcast

O país dos agrotóxicos

Quanto veneno vai parar no seu prato? Novo episódio do Pauta Pública fala sobre o monitoramento do uso de agrotóxicos no Brasil

Ouça agora:

Podcast
27 de maio de 2022
08:00
Este artigo tem mais de 1 ano

EP 37 O país dos agrotóxicos

27 de maio de 2022 · Quanto veneno vai parar no seu prato? Novo episódio do Pauta Pública fala sobre o monitoramento do uso de agrotóxicos no Brasil

0:00

Desde o começo do mandato, o governo Bolsonaro publicou a aprovação de 1682 novos produtos agrotóxicos. No total, são 3748 produtos liberados para serem utilizados no país –  vários dos quais, vale dizer, são proibidos na Europa ou Estados Unidos. Neste cenário não chega a ser surpresa que os alimentos que consumimos estejam com índices de agrotóxicos acima do limite permitido. Uma reportagem da Agência Pública revela, por exemplo, os resultados de uma pesquisa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que encontrou índices de agrotóxicos superiores ao permitido em 89% das amostras do feijão-de-corda, também conhecido como feijão caupi. É o prato do dia com um tempero indigesto de glifosato. Para conversar sobre esse assunto, chamamos a repórter Julia Rohden, que vem cobrindo a escalada do uso de agrotóxicos no Brasil.

Precisamos te contar uma coisa: Investigar uma reportagem como essa dá muito trabalho e custa caro. Temos que contratar repórteres, editores, fotógrafos, ilustradores, profissionais de redes sociais, advogados… e muitas vezes nossa equipe passa meses mergulhada em uma mesma história para documentar crimes ou abusos de poder e te informar sobre eles. 

Agora, pense bem: quanto vale saber as coisas que a Pública revela? Alguma reportagem nossa já te revoltou? É fundamental que a gente continue denunciando o que está errado em nosso país? 

Assim como você, milhares de leitores da Pública acreditam no valor do nosso trabalho e, por isso, doam mensalmente para fortalecer nossas investigações.

Apoie a Pública hoje e dê a sua contribuição para o jornalismo valente e independente que fazemos todos os dias!

apoie agora!

Quer entender melhor? A Pública te ajuda.

Faça parte

Saiba de tudo que investigamos

Fique por dentro

Receba conteúdos exclusivos da Pública de graça no seu email.

Artigos mais recentes