Agência de Jornalismo Investigativo

Corrente de WhatsApp diz que entrevista de ex-governador teria sido ocultada, mas depoimento ocorreu em programa da RedeTV!

11 de abril de 2017
Ciro Gomes em entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV!.
Ciro Gomes em entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV!. Foto: Reprodução

“Isso foi ao vivo. A Globo não teve como evitar esse desabafo do Ciro Gomes. Foi bem cedo no Bom Dia Brasil, pois, imediatamente após, algumas pessoas do Congresso e do Senado ligaram para a Rede Globo e retiraram o vídeo da pauta dos demais telejornais do dia. Repassem a todos de suas listas de contatos. Sem dó! Vale a pena compartilhar!!!” – Corrente enviada pelo WhatsApp, de autoria desconhecida

Falso

Uma corrente de WhatsApp alerta: a Rede Globo não conseguiu evitar o desabafo do ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) ao entrevistá-lo no seu telejornal matinal, o Bom Dia Brasil. “Pessoas do Congresso Nacional” teriam ligado para reclamar e, depois disso, nenhum outro telejornal da emissora repercutiu a fala. A mensagem vem acompanhada de um vídeo, de 1 minutos e 44 segundos, em que Gomes faz uma série de críticas à reforma da Previdência. O Truco – projeto de fact-checking da Agência Pública – verificou a acusação e descobriu que ela é falsa.

A corrente baseou-se em um fato real, um trecho de uma entrevista de Ciro Gomes, para distorcer o contexto em que ocorreu e, assim, chamar a atenção. Ao despertar a curiosidade para o conteúdo do vídeo e para as circunstâncias em que teria sido ocultado pela Globo, incentiva muitos dos que o receberam a compartilhar a mensagem. É um funcionamento típico das chamadas fake news, ou notícias falsas.

Corrente de WhatsApp afirma que Ciro Gomes (PDT) deu uma entrevista que a Globo tentou esconder
Corrente de WhatsApp afirma que Ciro Gomes (PDT) deu uma entrevista que a Globo tentou esconder. Foto: Reprodução.

A primeira pista de que as informações da mensagem foram manipuladas é a jornalista que faz a entrevista, Amanda Klein. Ela faz parte da equipe da RedeTV!, não da Rede Globo. Logo, não poderia ter ouvido o político no Bom Dia Brasil. O cenário que aparece no vídeo, um fundo azul com desenhos, também não tem nenhuma relação com o do telejornal da Globo.

Uma busca no YouTube com as palavras “Ciro Gomes Amanda Klein RedeTV” traz mais uma pista para resolver o mistério. O primeiro resultado é um vídeo de 40 minutos, com o mesmo cenário, publicado pelo canal do próprio Ciro Gomes. O título é “Ciro Gomes no É Notícia RedeTV! 20/12/2016”. Para ter certeza de que a entrevista realmente ocorreu neste programa, bastou localizar o site oficial no Google ao digitar “É Notícia RedeTV”. A fala completa do ex-governador está lá e ocorreu realmente em 20 de dezembro do ano passado.

A análise de várias fontes mostra que o depoimento não ocorreu em um telejornal da Rede Globo, tornando as outras informações inválidas – integrantes do Congresso não telefonaram para a emissora. Logo, a mensagem usada na corrente de WhatsApp para divulgar a fala de Ciro Gomes é classificada como falsa.

Truco

Este texto foi produzido pelo Truco, o projeto de fact-checking da Agência Pública. Entenda a nossa metodologia de checagem e conheça os selos de classificação adotados em https://apublica.org/truco. Sugestões, críticas e observações sobre esta checagem podem ser enviadas para o e-mail truco@apublica.org e por WhatsApp ou Telegram: (11) 96488-5119. Acompanhe também no Twitter e no Facebook. A partir do dia 30 de julho de 2018, os selos “Distorcido” e “Contraditório” deixaram de ser usados no Truco. Além disso, adotamos um novo selo, “Subestimado”. Saiba mais sobre a mudança.

Mais recentes

Marina Silva participa de evento da CNA, em agosto de 2018: não há estudos que confirmem dado citado pela candidata

Marina Silva usa dado inexistente sobre leitos ociosos no SUS

20 de setembro de 2018 | por

Candidata da REDE afirma que taxa de ociosidade no sistema é de 50%, mas ministério não possui estatística nacional

Geraldo Alckmin (PSDB) discursa durante o evento da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs), em agosto: total de homicídios em SP superou o de cidades americanas citadas

Com dado discutível, Alckmin diz que homicídios em Washington e Chicago superam SP

19 de setembro de 2018 | por

Candidato fez comparação para tentar mostrar seu bom desempenho na área de segurança, mas frase pode ser interpretada de duas maneiras

Comemoração do Dia Nacional de Luta das Pessoas Deficientes na Câmara dos Deputados, em 2016: dados sobre essa parcela da população foram exagerados pelo candidato

Eymael exagera dado sobre crianças e jovens com deficiência

18 de setembro de 2018 | por

Levantamentos do IBGE mostram que parcela dos brasileiros nessa condição é menor do que o porcentual citado pelo candidato

Truco!

Arruda promete que menos imposto reduz preço do gás, mas repasse do desconto é incerto

21 de setembro de 2018

Redução do ICMS não garante que o custo ao consumidor irá cair na mesma proporção, pois atravessadores podem aumentar margens de lucro

Helder Barbalho diz que construiu o estádio municipal de Ananindeua, mas a obra nunca foi concluída

21 de setembro de 2018

Em visita ao local em que teria sido construída a praça esportiva, na periferia de Ananindeua, o Truco nos Estados concluiu: o estádio citado por Helder nunca existiu.

Correto: Adalclever Lopes foi eleito presidente da Assembleia por unanimidade em duas ocasiões

21 de setembro de 2018

Em 2015, ele era o candidato de uma chapa única e, na reeleição em 2016, também foi o único a pleitear a presidência da casa

Explore também

João Amoêdo usa dado falso sobre homicídios e faz comparação distorcida

3 de maio de 2018 | por e

Presidenciável, que estreia na política, disse ainda frase discutível sobre o quanto do que se produz vira impostos

Campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj)

Ministério da Fazenda pediu o fim da Uerj?

6 de setembro de 2017 | por

Para equilibrar contas, Secretaria do Tesouro Nacional recomendou ao governo do Rio de Janeiro a “revisão da oferta de ensino superior”

Passeata pelo Dia Mundial do Orgulho LGBT no Rio de Janeiro, em 2013: números sobre violência são subnotificados

Dados sobre assassinato de LGBTs são incompletos

29 de agosto de 2018 | por

Vera Lúcia, do PSTU, citou o Brasil como campeão mundial em homicídios do tipo, mas estatísticas têm lacunas e não comparam todos os países