AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

Residências Públicas: recebemos 177 inscrições para a edição Olimpíada!

Com 177 inscrições de 42 países, a convocação segue para a sua segunda fase

Há um mês encaramos o desafio de convidar jornalistas estrangeiros para participar do primeiro Programa de Residências da Pública. Abrimos a convocação para repórteres interessados em investigar pautas de direitos humanos relacionados à Olimpíada deste ano.

Recebemos 177 inscrições, vindas de 42 países, com todos os cinco continentes representados. São 30 jornalistas argentinos, 20 colombianos, 19 espanhóis e 13 mexicanos, para citar os países de onde mais recebemos propostas.

A convocação era voltada a repórteres do mundo todo, desde que falassem português, inglês ou espanhol. Exigimos que se inscrevessem em parceria com um veículo independente, responsável por sua segurança no Brasil e pela publicação da reportagem feita durante o programa.

Leia também: Agência Pública abre vagas para repórteres estrangeiros cobrirem Jogos Olímpicos

Agora começa a segunda etapa da seleção: vamos chamar oito finalistas para uma entrevista por Skype para, então, selecionar nossos residentes. Serão quatro repórteres, que vão ganhar uma bolsa de 7 mil reais e estadia de um mês na Casa Pública, no Rio de Janeiro, durante os Jogos Olímpicos. O resultado será divulgado na segunda-feira, 23 de maio.

Boa sorte aos repórteres inscritos!

 

[relacionados]

Tags: , ,

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Quem julga o juiz?

Quem julga o juiz?

| por | 21 de setembro de 2016

Uma exame da lista de juízes e desembargadores investigados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostra que, mesmo quando a acusação é de venda de sentença, o caso nem sempre segue para a Justiça criminal e a pena se reduz à aposentadoria

Adeus, Guyraroká

Adeus, Guyraroká 2

| por | 8 de setembro de 2016

Como o STF decidiu que uma terra em demarcação no Mato Grosso do Sul não era dos Kaiowá – e abriu as portas para outras decisões que podem impedir o direito territorial dos índios

Quem julga o juiz?

| por | 21 de setembro de 2016

Uma exame da lista de juízes e desembargadores investigados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostra que, mesmo quando a acusação é de venda de sentença, o caso nem sempre segue para a Justiça criminal e a pena se reduz à aposentadoria