AGÊNCIA DE REPORTAGEM E JORNALISMO INVESTIGATIVO

É rir para não chorar! Charges sobre a Copa

Os comitês populares de diversas cidades já estão discutindo a Copa do Mundo de 2014 – e produzindo arte sobre o tema

O cartunista e jornalista gaúcho Leandro Dóro fez uma série de charges a partir dos problemas discutidos nas reuniões dos Comitês Populares das 12 cidades que receberão a Copa do mundo, no Fórum Social Temático que aconteceu em janeiro em Porto Alegre.

Os comites, formados por moradores de comunidades ameaçadas, organizações não governamentais, urbanistas, professores e cidadãos em geral condenaram os despejos que já aconteceram em nome dos megaeventos e discutiram estratégias para barrar a Lei Geral da Copa, considerada abusiva em vários aspectos.

” Não sou dos que creêm que a Copa do Mundo é um mal para o Brasil, mas sim uma oportunidade para obter visibilidade e mercado internacional, tão necessário para equilibrar a balança comercial” Explica Dóro. “Ainda acredito ser uma boa maneira de gerar melhorias às cidades que, devido a burocracia, demorariam décadas para ocorrer. Mas o poder público e os empresários estão tentando se aproveitar da premissa da pressa para, mais uma vez, gerar desmandos”.

“Infelizmente a população carente brasileira sempre foi manipulada pela elite que a nega e a exclui. Através da janela dos seus apartamentos com ar-condicionado e de seus automóveis hermeticamente fechados enxergam um país que desejam higienizar como fariam com a área de serviço de qualquer apartamento ou casa” diz. “A luta pelos direitos das comunidades carentes precisa persistir, por mais difícil que seja” conclui o cartunista.

O blog Copa Pública é uma experiência de jornalismo cidadão que mostra como a população brasileira tem sido afetada pelos preparativos para a Copa de 2014 – e como está se organizando para não ficar de fora.

 

Tags: , ,

Comentários

Opte por Disqus ou Facebook

Supremas relações 4

| por | 18 de setembro de 2017

Processo trabalhista revela acesso à cúpula do Judiciário em troca de patrocínio de eventos de site jurídico. Gilmar Mendes tem conversa exposta em que trata sobre projetos de seu IDP

Destrinchando a maconha paraguaia 10

| por | 21 de agosto de 2017

Nosso repórter passou 15 dias em uma plantação ilegal de maconha no Paraguai; miséria e corrupção marcam o cotidiano de um “Estado paralelo”, longe das agências policiais e facções criminosas

Onde está o busto de Lamarca? 15

| por | 4 de setembro de 2017

O ato final do ex-secretário de Meio Ambiente paulista foi sumir com uma estátua do guerrilheiro no Vale do Ribeira, esbravejando contra “herói ideológico”. Reavivou uma memória incômoda, que inclui bombardeios de napalm pela ditadura