Agora toda a série de reportagens do projeto Amazônia Pública está disponível, também, no formato de programas de rádio. Ouça e baixe os programas, aqui.

Agora toda a série de reportagens do projeto Amazônia Pública está disponível, também, no formato de programas de rádio. Ouça e baixe os programas, aqui.

8 de abril de 2014
16:13
Este texto foi publicado há mais de 6 anos.
Receba nossa cobertura sobre a Amazônia no seu email. Assine a newsletter e fique informado sobre o que eles querem esconder.

A série Amazônia Pública, você já conhece!

Agora, além da série de reportagens com textos, vídeos e fotos, disponibilizamos também cinco reportagens em formatos ideias para programas de rádio. Todos os áudios estão disponíveis, gratuitamente, para que você baixe e transmita em seu programa!

Qualquer dúvida, entre em contato conosco: contato.publica@gmail.com

Saiba mais sobre o projeto:
O projeto Amazônia Pública procura mostrar o impacto de algumas das iniciativas em curso na região da floresta. Entre julho e novembro de 2012, três equipes de reportagem retrataram os diferentes ângulos desses acontecimentos em regiões-chave da Amazônia: o rio Tapajós, ameaçado por uma série de hidrelétricas e projetos de mineração; o rio Madeira, transformado por duas grandes usinas hidrelétricas que começaram a operar; e o polo exportador de minério de ferro de Carajás, prestes a explorar uma nova mina dentro de uma reserva.

Ouça e baixe os programas, aqui:

Seja aliada da Pública

Quer saber como nossos repórteres descobriram estas injustiças? Doe para a Pública e ajude a lançar um novo podcast com bastidores das nossas reportagens.

Mais recentes

Podcast: O FBI e a Lava-Jato

25 de setembro de 2020 | por , e

Acompanhe o primeiro episódio do podcast "Pauta Pública" e conheça os bastidores da reportagem "O FBI e a Lava-Jato"

Fabricante alemã de armas Sig Sauer quer produzir no Brasil em parceria com a Imbel, ligada ao Exército

24 de setembro de 2020 | por e

Flexibilizações e agenda pró-armas do governo fazem do Brasil um mercado promissor para empresas estrangeiras; observadores alertam para desregulamentação de um setor que implica a vida e a morte da população

Debate sobre cristofobia é estratégico para candidaturas ultraconservadoras, avalia pesquisador

22 de setembro de 2020 | por

Ao citar termo na ONU, Bolsonaro adianta estratégia eleitoreira, aponta teólogo Ronilso Pacheco; religiões de matriz africana sofrem mais perseguição, mas não foram mencionadas pelo presidente